Edição 313 | 2018

Home/ Revista/ Edição 313


Clique para ver a versão impressa [+]
18/01/2018 09:47

A arte da tapeçaria

Conheça os benefícios da reforma de móveis e garanta a manutenção da tradição familiar dos objetos

Divulgação
Ahistória de um móvel de família normalmente vem recheada de recordações. “Da mesma forma que temos nossas marcas, expressões, defeitos e virtudes, os objetos carregam consigo os sinais do tempo, a cultura e a história da família de uma pessoa”, garante a proprietária da MMC Tapeçaria Marisa Piveta de Azevedo.

Contudo, apesar do carinho que temos por algumas peças, nem sempre sabemos como inseri-las em um ambiente moderno ou mesmo se a reforma dos objetos vale ou não a pena. Marisa explica que no caso de sofás e poltronas, “quando o tecido do revestimento está desgastado, o assento ou as almofadas de encosto deformados ou afundados, mas a estrutura é de boa qualidade e está intacta, é bom pensar em reformar”.

Dentre as possibilidades, o revestimento, em tecido ou couro, molas e espumas podem ser trocados. É possível também, aumentar e diminuir suas dimensões para adequá-lo a um novo ambiente, e dependendo do modelo, os braços e encostos podem ser substituídos.

O investimento para a reforma de um sofá, costuma girar em torno de 30 a 50% do valor de um móvel novo. “Os modelos mais antigos, geralmente são feitos com madeiras resistentes, como a peroba rosa. Hoje, as estruturas são feitas de pinus, madeira mais frágil e que, normalmente, não suportam o processo de desmontagem e remontagem. Por isso, cada caso deverá ser analisado por um profissional experiente e capacitado” orienta a proprietária da MMC Tapeçaria.

Dentro de um ambiente tudo pode se renovar e mudar, transformando e revitalizando um móvel e mantendo a tradição daquele objeto. “Esse é o papel da tapeçaria: renovar, manter, mudar, colorir, compor”, enfatiza Marisa.

O tapeceiro é considerado um artesão, pois, de suas mãos recria-se a história. Por isso é fundamental a escolha de um bom profissional.

A escolha errada pode comprometer toda a estrutura do móvel e danificar partes que possam ser irrecuperáveis. “A arte da tapeçaria nunca sai de moda e garante sua exclusividade com a criação de peças renovadas e, sobretudo, valorizando o caráter sustentável, em plena época de reciclagem e reaproveitamento dos recursos”, finaliza Marisa.

MMC Tapeçaria
R. Templários, 161 – Vila Formosa
www.mmcreforma.com.br
F: 2362.1125 / 94237.2747
Divulgação
Divulgação