Turismo

Home/ Notícias Online/ Turismo/ A partir de fevereiro, turista...

A partir de fevereiro, turistas poderão permanecer por mais tempo no Mirante Central de Itaipu

Publicada em : 01/02/2016

Uma nova infraestrutura vai atender os turistas que quiserem ficar no mirante. Modelo já existe no Porto Kattamaram

divulgação
O Mirante Central de Itaipu, principal ponto de parada dos turistas que visitam a usina, ganhou uma nova infraestrutura, que inclui um bistrô, lojas de lembranças e recordação fotográfica e um deck de onde se pode tomar café ou refrigerante e apreciar a barragem. A partir de 1º de fevereiro, outra novidade: o turista poderá permanecer ali por mais tempo, sem necessidade de embarcar no ônibus de onde veio. A exemplo do que já ocorre no Porto Kattamaram, o Mirante Central também será incluído no sistema de transporte circular.

“Faz tempo que queremos trazer o formato de visitação circular para o Complexo Turístico Itaipu”, afirmou o superintendente de Comunicação Social de Itaipu, Gilmar Piolla. “Estamos trabalhando para profissionalizar cada vez mais o turismo na Itaipu, que já é referência no atendimento aos turistas”. No próximo dia 20, o CTI receberá, em Madri (Espanha), o Prêmio de Excelência e Inovação do Turismo, concedido pela Organização Mundial do Turismo (OMT).

A necessidade de ficar mais tempo da Itaipu é um pedido dos próprios turistas, que ficavam frustrados por não poder aproveitar o Mirante Central com mais calma, comprar um souvenir ou fazer mais fotos. “Em nossas pesquisas mensais notamos esta necessidade dos turistas. Este novo formato é um presente para eles”, conta a gerente do CTI, Jurema Fernandes.

De acordo com Jurema, a Visita Panorâmica – atrativo mais requisitado do CTI – terá o circuito alterado, terminando o passeio no Mirante Central. “Antes, o este mirante era a segunda parada, agora será a última. O visitante vai conhecer toda a Itaipu, parte a parte, para terminar com a visão geral. Será a cereja do bolo”, ilustra Jurema. O turista pode, então, ficar quanto tempo quiser no mirante e tomar outro ônibus até o CRV. “O objetivo final é ampliar a experiência da visita, não ser só um atrativo de contemplação, mas também de interação”, conclui.

Novos espaços

Para atender o turista que ficará mais tempo no Mirante Central, foi construída uma estrutura de 150 m², incluindo salas para fotos, venda de artesanato e souvenirs, além de um bistrô que vende salgados, suco, café e outros alimentos. Um deck, com cadeiras e guarda-sóis, anexo à cafeteria, é o espaço para as pessoas curtirem o local o tempo que quiser. O projeto da área é da arquiteta Cassiana Salvati Pizzatto, da Assistência da Diretoria Geral Brasileira, e a coordenação da obra foi feita pela Divisão de Infraestrutura e Manutenção.

Quem já aproveitou para pedir um café, sentar e relaxar foi a contadora de Osasco (SP) Lucilene Carmona, que fez a Visita Panorâmica, na manhã desta sexta-feira, com os dois filhos e alguns amigos. “Achei a ideia ótima. A gente levanta cedo, pega ônibus correndo, é legal ter um tempinho para descansar”, afirmou. Lucilene diz ter se encantado com a visita à Itaipu. “Sempre viajamos para a praia e esquecemos que o Brasil tem tantos lugares bacanas para se conhecer."

O foco da aposentada Ariete Relvas era levar uma lembrancinha para a casa. “Comprei um imã de geladeira em forma de capacete porque é o símbolo daqui, né?". O grupo de Ariete de Niterói (RJ), com 19 pessoas, fez o passeio por Itaipu, nesta sexta-feira. “Achei tudo impecável, muito organizado. Coisa que o brasileiro não conhece”, comentou. Na loja do Ñandeva e da Coart (Cooperativa de Artesãos de Foz do Iguaçu) estão à venda os trabalhos dos quase 50 artesãos cadastrados. “O movimento está muito bom e é mais um lugar para a gente comercializar o produto”, contou a vendedora Elenice Franciele Poco.

Do lado da loja de artesanato e souvenirs, o pessoal da fotografia também tem trabalho. Ali, por R$ 20, é possível levar uma foto em 15cm x 21cm tirada no Mirante, com Itaipu de fundo. O casal de enfermeiros José Augusto e Simone Figueira Machado, do Rio de Janeiro (RJ), já levou o pacote completo (várias fotos e um pendrive com imagens e vídeos de Itaipu). “Vamos colocar o porta-retrato na estante da sala”, disse José Augusto.

Fonte:Imprensa Itaipu