Turismo

Home/ Notícias Online/ Turismo/ Vêneto é o 5º destino mais vis...

Vêneto é o 5º destino mais visitado da Europa

Publicada em : 30/04/2014

Região italiana reforçou as expectativas no mercado brasileiro durante a WTM


Durante o primeiro dia da WTM (World Travel Market) Latin America, o Chefe da Diretoria de Promoção do Turismo Integrado da região do Vêneto, Claudio de Donatis ressaltou as expectativas da região italiana para o público brasileiro.

De acordo com Donatis, o Vêneto é a região mais procurada da Itália em razão dos atrativos culturais e das particularidades que encantam os brasileiros, além de ser também o 5º destino mais visitado da Europa. “Estamos investindo no mercado brasileiro há 4 anos e, para nós, o turista brasileiro é muito importante para o desenvolvimento turístico da nossa região. Apenas no ano passado recebemos cerca de 367 mil brasileiros no Vêneto”, comenta.

A WTM (World Travel Market) Latin America, acontece até amanhã (25) no Transamerica Expo Center, em São Paulo, simultaneamente ao 41º Encontro Comercial Braztoa.  Com stand (C99) de 75m²,  entidades responsáveis pela promoção turística de algumas cidades da região e consórcios italianos marcam presença na feira. Promovenezia, Terme Euganee, Marca Treviso, Dolomiti, Lago di Garda, Verona TuttIntorno, Bibione Live e Marco Polo Travel estarão no stand para apresentar aos visitantes as últimas novidades da bela região italiana.

Sobre o Vêneto

Formada por sete províncias e localizada no nordeste da Itália, a região do Vêneto reúne em uma área de mais de 18 mil km² atrações para todos os gostos e tipos de viajantes. Montanhas, águas termais, lagos, cidades históricas, praias, o delta do Pó e a Piedemontana, integram o universo de belezas naturais e paisagens cinematográficas que fazem da região a mais visitada do país.

Entre as várias atrações, o Vêneto inclui oportunidades para compras, com produtos vindos diretamente das principais fábricas da indústria da moda, além de visitas aos produtores de vinhos e de artesanato.

Fonte:AFT Comunicação Integrada