Turismo

Home/ Notícias Online/ Turismo/ Maior feira de turismo da Áfri...

Maior feira de turismo da África vai reunir destinos e grandes empresas do setor

Publicada em : 30/04/2014

Indaba 2014 acontece de 10 a 12 de maio na África do Sul


De 10 a 12 de maio, a África do Sul volta a se tornar ponto de encontro da indústria de turismo mundial com a realização do Indaba 2014, a maior e principal feira de promoção e incentivo ao turismo do continente.

O evento já conta com 1.441 buyers inscritos (as inscrições ainda não se encerraram) e 398 expositores vindos de 23 destinos diferentes: Angola, Benin, Botswana, Congo, Egito, Etiópia, Quênia, Lesoto, Madagascar, Malawi, Ilhas Maurício, Moçambique, Namíbia, Nigéria,  Ilhas Reunião,  Ruanda, Seychelles, África do Sul, Suazilândia,  Tanzânia, Uganda, Zâmbia e Zimbábue. 

Entre os expositores confirmados para o Indaba 2014 estão operadoras de viagem e redes hoteleiras renomadas como Tourvest, Mantis Management, Seasons in Africa e Amalinda Collection, e empresas premiadas e reconhecidas pelo luxo de seus serviços, produtos e experiências, como a rede de lodges de safári cinco estrelas Singita.

Em comum, os expositores compartilham o fato de terem grande apelo global, tanto em mercados tradicionais, como o americano e o europeu, quanto em emergentes, como o africano, o asiático e o latino-americano.

Cerca de 62% dos expositores são veteranos, tendo participado continuamente do Indaba nos últimos dez anos.

Mercado africano não para de crescer
De acordo com o mais recente relatório da Organização Mundial do Turismo (OMT), 2013 o continente africano recebeu o recorde de 56 milhões de turistas, um aumento de três milhões em comparação com o ano anterior. “Nunca foi tão importante se conectar ao mercado de turismo africano e o Indaba é a maior e melhor plataforma para realizar negócios no continente”, diz Thulani Nzima, CEO da South African Tourism (SAT).

Um dos maiores diferenciais do Indaba em relação a outros trade shows do segmento, está o fato de o evento reunir buyers internacionais e nacionais em um mesmo espaço. Além de exibir toda a gama de produtos turísticos da África, o Indaba terá a presença de pequenas e médias empresas de turismo com perfil inovador, além de companhias globalizadas como a Abercrombie and Kent, Private Safaris, Leading Hotels of the World e Relais & Châteaux.

“As operadoras locais, conhecidas como Destination Management Companies, ou DMCs, são de grande importância para o Indaba, pois não apenas geram negócios lucrativos para a feira como também aquecem o mercado local com o mesmo entusiasmo da SAT”, diz Nizma.

Para informar o mercado de turismo da África do Sul sobre a estratégia de crescimento de turismo do continente, que levará de três a cinco anos para se concretizar e irá abraçar toda a África, a SAT realizou um roadshow que visitou as principais cidades da África do Sul. "Explicamos nossos planos, mas também ouvimos sobre como poderíamos melhorar ainda mais o Indaba. Levamos essas sugestões em consideração, e implementamos algumas delas, a fim de atender as expectativas dos nossos expositores", diz Nzima.

Emergentes ganham importância
O desenvolvimento de relacionamentos significativos com o mercado se mostrou essencial para os trabalhos da SAT, que revigorou suas estratégias de ação para o trade doméstico e global de turismo. Entre as novas ações do órgão estão a realização de roadshows e workshops na França, Alemanha, Grã Bretanha e Índia e a abertura de um novo escritório em Lagos, na Nigéria.

Além disso, pela primeira vez a SAT vai mandar uma delegação de expositores da África do Sul para o tradeshow da Abav, que acontece em setembro na cidade de São Paulo.

A estratégia de marketing da SAT inclui maiores investimentos em marketing em mercados emergentes, como China, Brasil e Índia, que de acordo com o relatório da OMT lideraram o turismo internacional em 2013.

“Nosso mapeamento de mercado também foi atualizado com as mais recentes pesquisas de consumo, que vão nos ajudar a entender como o trade lida com as diferenças de cada mercado e aproveitar as oportunidades de crescimento que cada um tem para oferecer, diz Nizma.

O lado tech da feira
Outro grande atrativo do Indaba 2014 é o Tech Zone, uma área da feira que vai apresentar à indústria do turismo  os principais provedores de serviços digitais, propiciando encontros entre  compradores e exibidores.

Entre os expositores confirmados na Tech Zone estão Travelstart (maior agência de viagens virtual da África do Sul), WAYN.com  (maior comunidade virtual de viagens e lifestyle do mundo); TripAdvisor; Expedia (uma das maiores agências de reservas online do mundo); Springnest (que oferece serviços de internet móvel e marketing social para pequenas empresas de turismo) e Nightsbridge (site de reservas de hotéis no continente africano).

Fora as empresas especializadas em serviços online de turismo, a feira ainda conta com a participação de empresas como Shamwari group, Mala, Legend Lodges and hotels, Zimbali, Tsogo Sun, Grootbos, Premier Hotels and Resorts and Blue Train. In addition, Under One Botswana Sky, Phakalane Resort Hotel, Nesbitt Castle, Sol Resorts, Ichobezi River Lodges, Grand Plains Conservation, Kijongo Bay Beach Resort, Rwanda Air, Safari 2 Gorilla Tours, Eko Hotels and Suites, Moivaro Lodges eTented Camps and the Hemingway’s Collection, entre outras.

A lista completa de expositores e mais informações sobre o Indaba 2014 pode ser conferida no site  www.indaba-southafrica.net. 

Fonte:TI Comunicações