Turismo

Home/ Notícias Online/ Turismo/ Onze razões para conhecer a Co...

Onze razões para conhecer a Colômbia

Publicada em : 09/04/2014

Proexport Colômbia destaca as onze razões para visitar a Colômbia


A Proexport Colômbia, organização governamental com o objetivo de promover o turismo, as exportações e os investimentos da Colômbia, destaca onze razões para conhecer o país:

1.       Observação de golfinhos no Pacífico

Na costa do Pacífico colombiano, a observação de aves e baleias acontece todo o dia para os operadores turísticos e hoteleiros da região. O compromisso com a inovação num hotel fez a oferta turística ficar mais ampla até incluir a observação de golfinhos, também presentes nessas costas rodeadas de uma exuberante beleza natural, onde os turistas chegam à busca de conhecer uma paisagem paradisíaca. Visitantes de Inglaterra, Alemanha, Canadá e Estados Unidos, principalmente, chegam motivados pelo conceito de turismo eco sustentável.

2.       Jantar em restaurantes de luxo ao estilo do século XIX em Cartagena

É uma das experiências que pode ter o turista que chega a Cartagena. Lá, o viajante pode jantar como se fizesse parte de uma família típica burguesa do século XIX. Todo o protocolo, assim como o cardápio de produtos compostos por receitas da época, volta ao passado por meio desta experiência mágica.

3.       Observação de aves, pescar como antes e dançar champeta

Produto de um trabalho de muitos anos, comunidades de La Boquilla, em Cartagena, recebem hoje viajantes de Alemanha, França, Holanda, Canadá e Estados Unidos com interesse em conhecer as aproximadamente 100 aves identificadas, que chegam do norte e do sul do continente, além das endémicas que habitam o lugar. O turista tem a oportunidade de aprender a pesca artesanal, lançar a rede, bem como dançar champeta, ritmo do local.

4.       Viagens para aprender a modelar em argila em Ráquira

Os viajantes aprendem a tirar a argila da montanha, moer, modelar e elaborar produtos artesanais com este material. O turista vive como uma pessoa que mora na região, almoça com famílias do lugar e experimenta a comida típica de Boyacá.

5.       Viajar em pneus através do rio São Diego até a desembocadura no mar

Os habitantes da Serra Nevada de Santa Marta criaram um operador turístico que oferece ao viajante estrangeiro admirar a natureza enquanto se viaja em um pneu (tubing) pelo rio São Diego (um dos três que emanam diretamente dos nevados).  O passeio pelo rio tem duração de 15 minutos e pode chegar até duas horas, de acordo com o desejo do visitante. O representante da companhia desta viagem afirma que nos últimos anos tem recebido grupos de viajantes originários da Alemanha, Holanda e Inglaterra.

6.       Pescar piranhas e morar com indígenas Ticuna do Amazonas

Os viajantes coabitam durante alguns dias com 250 indígenas Ticuna.  Moram com eles, conhecem sua cultura, caminham através da selva, pescam piranhas e fazem viagens em canoas. Esta empresa recebe turistas dos Estados Unidos, Canadá, Reino Unido, Dinamarca e Japão.

7.       Fazer compras, preparar empanadas, banana frita e pratos típicos da Paisagem Cultural Cafeteira

Este passeio é um tour gastronômico em Armenia, onde o turista conhece e compra produtos nos mercados principais para depois, num restaurante, aprender a utilizar os ingredientes para preparar banana frita (patacón), empanadas, ceviche, entre outros pratos da região. Os visitantes se surpreendem pelas frutas que não conhecem, como por exemplo, o Lulo.

8.       Cruzeiros: curso de joalheria em Cartagena

Os viajantes dos cruzeiros da linha Princess Cruises que chegam a Cartagena podem fazer um curso para aprender a criar joias em prata e esmeraldas. Por cada chegada a terra firme, 40 turistas participam deste tour de três horas. Nativos do local ensinam aos turistas. Na temporada passada, receberam o prêmio ao melhor plano oferecido aos turistas nesta linha.

9.       Tour da lã em Vila de Leyva

O destino é em Vila de Leyva, Boyacá. No local, trabalham 35 mulheres chefes de família. O visitante aprende todo o processo para preparar a lã, compreendendo a etapa de corte, lavagem, fiação e, por último, o tecido de produtos como ponchos.

10.   Antioquia: Cauca Viejo, o povoado-museu

Cauca Viejo começou a ser construído há 15 anos para fins turísticos. É composto por 100 casas onde funcionam 20 hotéis boutique, um spa, uma igreja e a prefeitura. É um município privado com museus cuja arquitetura se inspira na Antioquia dos anos 1800: há fábricas, tabernas “paisas”, ruas empedradas e casas da época que funcionam como hotéis e restaurantes, e também como sedes de eventos empresariais.

O visitante pode fazer esporte de aventura pelo rio Cauca, caminhadas e observação de aves. As empresas privadas da região também trabalham para a recuperação da espécie macacos Alouatta, típicos da região.

11.   Casamentos em teatros e até planos para amigos e familiares do casal

O posicionamento que tem Cartagena como destino de casamentos tem crescido de tal forma que é oferecido como uma experiência única em seu tipo. Lá, não se oferecem somente casamentos em teatros, onde tanto os músicos como os atores se integram com os convidados, mas também se organizam os planos turísticos — antes, durante e depois do casamento - para os amigos e familiares do casal. Casais da Espanha, Brasil, Argentina, Estados Unidos, México e até Escócia têm vivido este tipo de experiência.

Fonte:Proexport Colômbia