Turismo

Home/ Notícias Online/ Turismo/ Novos guias turísticos para o ...

Novos guias turísticos para o México, Nova York e Argentina

Publicada em : 23/07/2013

Com muitos mapas, fotos e inúmeras dicas, o livro traz informações atualizadas sobre pontos turísticos e passeios


México
Escrito por autores que residem ou conhecem a fundo a cultura, a história e os hábitos do país, o guia esmiúça as 11 regiões do México e reúne informações para todos os gostos: se a combinação de ruínas maias, areias brancas e mar turquesa faz os olhos brilharem, Tulum é o destino certo; se forem museus a grande paixão do viajante, a Cidade do México tem exposições suficientes para preencher um ano inteiro de visitas; se o litoral, seja no Caribe ou no Pacífico, é o destino escolhido, o guia informa qual o forte de cada praia.

As ruínas deixadas por povos maias e astecas ganham um capítulo especialmente dedicado a elas. Em Explore as ruínas antigas do México, o leitor descobre qual a melhor época para visitar cada sítio arqueológico, além de curiosidades sobre todos eles. Um detalhado quadro explicativo mostra onde se pode avistar pirâmides no deserto, nas florestas e perto do mar.

A complexidade do México é desvendada também em seções de apoio, que abordam separadamente a arquitetura, a história, a gastronomia e roteiros para aproveitar o melhor de regiões deslumbrantes como a Baja California e a famosa Península de Yucatán.

Ficha técnica
Título: Lonely Planet Nova York | Autor: Brandon Presser, Brandon Presser, Carolina A. Miranda | Páginas: 464 + mapa destacável | Formato: 19,7 x 12,8 cm | Gênero: Viagem e Turismo | ISBN: 978-85-250-5351-0 | Preço: R$ 49,90 | Editora: Globo Livros

Nova York
Antes, o sonho nova-iorquino concentrava-se na Times Square, nos teatros da Broadway, nas grandes lojas de departamentos Macy's e Bloomindale's, nos arranhas-céus e na famosa 5ª Avenida, que leva direto à boca do Central Park. Tudo isso continua lá, encantando turistas de todo o mundo, mas Nova York aumentou aos olhos do viajante: agora uma visita à cidade não está completa sem que se vá até o Harlem degustar a saborosa soul food caseira, ou cruzar a Ponte do Brooklyn para badalar no novo bairro da moda, Williamsburg, com seus brechós e bares retrôs no estilo anos 1940.

Dividido em 11 regiões, Nova York detalha a cidade ao longo das mais de 450 páginas. Há capítulos dedicados somente à arte, à arquitetura e à história da megalópole. Hotéis e lojas receberam críticas de quem esteve lá recentemente, e pontos turísticos tradicionais, como a Estátua da Liberdade, tiveram suas informações revisadas para que o turista faça a visita da forma mais proveitosa possível. Um mapa destacável da cidade acompanha Nova York, para orientar os visitantes em seus bairros e ruas, e informações sobre transporte público ou dicas de linguagem complementam a preparação da viagem com o guia da Lonely Planet Brasil.

Ficha técnica
Título: Lonely Planet Nova York | Autor: Brandon Presser, Brandon Presser, Carolina A. Miranda | Páginas: 464 + mapa destacável | Formato: 19,7 x 12,8 cm | Gênero: Viagem e Turismo | ISBN: 978-85-250-5351-0 | Preço: R$ 49,90 | Editora: Globo Livros

Argentina
Dois anos depois do lançamento de Argentina em português, a Lonely Planet Brasil, publicada pela editora Globo Livros, traz uma nova edição do guia, com informações atualizadas sobre atrações e roteiros, além de páginas coloridas, mais imagens e mapas para complementar o planejamento das futuras viagens.

Além de detalhar cada região e as principais cidades do país, Argentina tem seções que detalham a literatura, a música e os costumes nacionais. Ao todo, são nove capítulos que cobrem destinos específicos, como a capital e seus emocionantes shows de tango, ou a misteriosa Patagônia. Há, ainda, um capítulo especial dedicado ao Uruguai, caso o viajante deseje esticar a viagem e aproveitar Punta del Este, Montevidéu ou a Colonia del Sacramento, janela uruguaia para o rio da Prata.

São mais de 600 páginas (e um mapa destacável de Buenos Aires) escritas por autores selecionados, que conhecem minuciosamente a Argentina e trazem sugestões dos mais diversos itinerários.

Fonte:Lonely Planet Brasil