Turismo

Home/ Notícias Online/ Turismo/ Colômbia aposta no aumento de ...

Colômbia aposta no aumento de cruzeiros

Publicada em : 23/07/2013

A chegada de viajantes a bordo de cruzeiros para a Colômbia foi multiplicada e o país entrou para o top 30 da classificação da Associação Internacional de Congressos e Convenções.


Os cruzeiros e eventos internacionais que vieram à Colômbia nos últimos anos impulsionaram o crescimento do turismo internacional no país, que aposta na diversificação em seu propósito de tornar-se um dos principais operadores deste setor.

Em relação aos cruzeiros, tanto o número de passageiros quanto o de chegadas de navios têm aumentado significativamente, pois enquanto em 2006 foram 53 chegadas aos portos do país, em 2012 esse número subiu para 166, segundo informação do Ministério de Comércio, Indústria e Turismo.

“Quanto ao número de passageiros, a cifra praticamente quadruplicou: enquanto na temporada de 2006 e 2007 a Colômbia recebeu 65.111 passageiros de cruzeiros, na de 2011 e 2012 foram 260.404”, afirmou María Claudia Lacouture, presidente da Proexport Colômbia, entidade responsável pela promoção turística do país no exterior.
 
Para o fim da temporada 2012-2013, espera-se a chegada de cerca de 347.334 passageiros de cruzeiros e 193 atracagens em Cartagena, o que significa um crescimento de 16% no número de barcos chegando a este porto, com relação ao registro da temporada anterior.

Lacouture destacou que para alcançar estes resultados a entidade trabalha em conjunto com as autoridades locais e companhias de cruzeiros para que incluam os portos colombianos em seus destinos.

Melhora a posição no turismo de negócios
No que diz respeito ao turismo de negócios, nos últimos três anos a Colômbia subiu seis posições, até consagrar-se como o 29º dos 109 países que integram a classificação elaborada pela Associação Internacional de Congressos e Convenções (ICCA, na sua sigla em inglês).

A classificação, apontada como a mais importante desse segmento no mundo, é feita a partir do número de convenções e congressos internacionais que acontecem nos países durante o ano. Em 2012, a Colômbia recebeu 138 eventos, 25 a mais que em 2011 e 33 a mais do que em 2010.

“O país vem tendo uma evolução constante no turismo de negócios. Na classificação da ICCA em 2006, a Colômbia estava na posição 50, com 23 eventos, hoje já estamos no top 30”, disse Lacouture.

Para a consolidação do país como destino de turismo de negócios, a Proexport também trabalha em conjunto com as autoridades regionais, agências e/ou câmaras de comércio para conseguir atrair eventos e assim aumentar o fluxo de turistas estrangeiros.

A participação em congressos e convenções é o terceiro motivo de viajem dos visitantes estrangeiros ao país. Um total de 341.319 viajantes chegaram à Colômbia entre 2010 e 2012 para participar de eventos tão importantes quanto o Congresso Ibero-Americano de Cirurgia Pediátrica e a Assembleia Geral do Lighting Urban Community International (Luci).

Para 2013, 2014 e 2015, o país também será sede do Congresso Pan-Americano de Dengue Hemorrágica, do Conselho Mundial de Energia (WEC, na sua sigla em inglês), do Encontro Mundial da Ciência do Café e do Congresso Pan-Americano de Gastroenterologia.

A entidade também promove os nichos de golfe e viagens de incentivos, importantes para a geração de empego e renda no país.

A Colômbia é o Realismo Mágico
Talvez uma das mais importantes conquistas da Proexport no campo do turismo tenha sido a recente evolução da campanha promocional da Colômbia no exterior, que passou de convencer os viajantes de que é seguro vir ao país a despertar o interesse dos turistas que procuram experiências diferentes, mágicas e surpreendentes.

“A Colômbia é o realismo mágico” resume a essência dessas experiências que os estrangeiros contam depois de passar pelo país, destaca o fator diferenciador do turismo na Colômbia, que desde abril passado acompanha a estratégia de promoção internacional do país.

“A integração dos destinos, dos produtos e principalmente das experiências nesta campanha alinha nossa estratégia de promoção com as tendências mundiais do setor, que reconhecem nesta fórmula o sucesso no momento de atrair turistas”, concluiu a Presidente da Proexport.

Durante a primeira fase da campanha, na qual foram implementadas estas mudanças, foram iniciadas ações segmentadas por produto, tais como capacitações e apresentações do conceito “A Colômbia é o realismo mágico”, inicialmente em vários países do continente americano.

As atividades serão estendidas aos mercados da Europa, Ásia e Oceania, onde o trabalho de promoção realizado pela Proexport tem impacto.

Além disso, há presença significativa através dos meios de comunicação audiovisuais e escritos que difundem nossas peças publicitárias.

Outras linhas como Residensea, Carnival Cruises Line e Disney Cruise Lines retornaram ao país depois de vários anos de ausência. Também atracaram pela primeira vez cruzeiros como o japonês Asuka, o qual chegou a Cartagena em 2012 e, apesar ser de incomum em sua história repetir um destino, voltará em 2014.

Fonte:F T I Consulting