Turismo

Home/ Notícias Online/ Turismo/ \"8ª Maravilha do Mundo\"

"8ª Maravilha do Mundo"

Publicada em : 02/07/2013

Ponte Rainha Emma de Curaçao pode ser escolhida a oitava maravilha do mundo


A Ponte Rainha Emma de Curaçao foi incluída no concurso da VirtualTourist.com para concorrer ao título de Oitava Maravilha do Mundo. Mais de 300 marcos históricos e naturais em todo o mundo estão concorrendo a esse título e se vangloriando de ser a oitava maravilha do mundo. 

Reconhecida como Patrimônio Mundial da Humanidade, a Ponte Rainha Emma foi construída pelo cônsul americano Leonard Burlington Smith em 1888, sendo considerada uma das pontes mais singulares de todo o mundo. A Ponte Rainha Emma é uma ponte flutuante articulada que se abre lateralmente para permitir a passagem de embarcações. Na extremidade oposta da principal articulação da ponte, encontra-se uma pequena cabine onde um operador controla duas hélices movidas a motores Diesel. As hélices encontram-se montadas perpendicularmente à extensão da ponte, o que permite que ela se mova paralelamente à costa. Esse processo dura apenas alguns minutos. Quando a ponte está aberta para permitir a passagem de embarcações vindas do porto, os pedestres são transportados gratuitamente por uma pequena balsa.

Também chamada de "A Velha Dama Oscilante", a Ponte Rainha Emma, sustentada por botes flutuantes, conecta a zona leste (Punda) à zona oeste (Otrabanda) da cidade de Willemstad, a capital de Curaçao, sendo fundamental para a viabilidade do porto e do centro da cidade de Willemstad. A Ponte Rainha Emma, que comemora este ano o seu aniversário de 125 anos, tornou-se um ícone da ilha, fomentando o turismo e a economia de Curaçao.

Para votar na Ponte Rainha Emma, de Curaçao como Oitava Maravilha acesse o site www.voteforcuracao.com. Permite-se um voto por dia e a votação será encerrada no dia 30 de setembro. A maravilha com o maior número de votos será reconhecida como a vencedora do concurso e será matéria de destaque em programação nacional de televisão, aparecendo em um programa popular independente. Ela também receberá um grande impulso do VirtualTourist, por meio de uma grande campanha lançada nos principais meios de comunicação.

Fonte:Hill+Knowlton Strategies