Turismo

Home/ Notícias Online/ Turismo/ Cingapurenses são os que mais ...

Cingapurenses são os que mais investem em estadia

Publicada em : 25/03/2013

Hoteis.com divulga ranking dos viajantes que pagaram os maiores valores de estada em 2012


Pela primeira vez, a Hoteis.com incluiu no HPI o preço médio das diárias pagas pelo turista estrangeiro em viagem ao Brasil. O levantamento apontou que, das 36 nações presentes na pesquisa, 29 gastaram mais em 2012 em comparação aos anos anteriores, sendo que um dos países manteve-se invariável e seis pagaram menos.

A Argentina é o principal mercado de turistas estrangeiros para o Brasil, representando cerca de um terço do total. Outro terço do mercado é representado por turistas europeus e um número cada vez maior de turistas vem da Rússia e da China.

Em relação aos que mais gastaram em território brasileiro, os viajantes de Cingapura lideram o ranking. Em 2012, eles pagaram R$ 501, em média e por noite, com um aumento de 28% em comparação ao ano anterior. Na segunda posição, estão os australianos com R$ 454, em média por diária, o que representa crescimento de 25%. Depois vêm os turistas noruegueses que gastaram 15% a mais chegando à média de R$ 419.

Em seguida, houve uma boa diferença de nacionalidades e regiões - entre os 10 primeiros países, há turistas da Ásia, América do Norte, Europa, Oriente Médio e América Latina. Os viajantes japoneses atingiram a sexta posição com um aumento 20% (tarifa média de R$ 410). Logo atrás, no sétimo lugar, estão os chineses com um aumento de 46% e tarifa média de R$ 406.

Os turistas venezuelanos apareceram na primeira posição (8º.) entre os países da América Latina, com tarifa de R$ 403, após um aumento de 20%. Os turistas argentinos (que formam o maior grupo de turistas no Brasil) pagaram R$ 341 em média, posicionando-se na 26ª posição (com tarifa de R$ 341) junto aos holandeses e italianos.

Os viajantes que pagaram menos foram os espanhóis com R$ 283 (variação de -3 %), seguidos pelos paraguaios, com R$ 284 e os portugueses, com R$ 293. Outros viajantes que tiveram uma diminuição nas médias de tarifa foram os russos, na posição de 17º (com R$ 370) e os colombianos na posição de 22º (com variação de -2%), junto aos mexicanos (com tarifa média de R$ 351).

Em sua nona edição, HPI se posiciona como o relatório definitivo sobre preços de estadas, sendo utilizado como uma ferramenta de referência para todo o mercado. Este índice incorpora tanto as cadeias hoteleiras quanto os hotéis independentes, além de opções como Bed & Breakfasts e estabelecimentos sem serviço de refeições.

Fonte:S2Publicom