Turismo

Home/ Notícias Online/ Turismo/ Cidades Mágicas da Alemanha

Cidades Mágicas da Alemanha

Publicada em : 08/08/2012

Saiba quais são os destinos alemães mais visitados e entenda porque eles fazem tanto sucesso

Berlim, Munique, Frankfurt, Colônia, Stuttgart, Dusseldorf, Hamburg, Nuremberg, Dresden, Hannover e Leipzig são cidades alemãs que encantam tanto aqueles que viajam a passeio, bem como aos que desejam fazer negócios. Estes 11 locais, que fazem parte das Magic Cities Germany Association (Associação das Cidades Mágicas da Alemanha) atraem cada vez mais visitantes do mundo todo, inclusive brasileiros. Só para se ter uma ideia, entre os mercados emissores fora da Europa, o Brasil é o país que registrou o maior crescimento de turistas, algo em torno de 25% em relação ao mesmo período do ano passado.

Workshop Destino Alemanha
Para dar continuidade ao processo de promoção da Alemanha como um dos principais destinos dos brasileiros, a Associação das Cidades Mágicas da Alemanha participará pela primeira vez do Workshop Destino Alemanha, que ocorre entre os dias 18 e 19 de setembro de 2012, em São Paulo e no Rio de Janeiro. Realizado pelo Centro de Turismo Alemão (DZT), o evento tem como objetivo aproximar o Brasil das principais atrações dos destinos alemães.

“A Alemanha tem reforçado sua posição como um destino turístico popular pelo mundo, e as Magic Cities são as principais responsáveis por esta agitação. Isto porque elas têm tudo o que um viajante pode querer: clima tranquilo, festivais emocionantes, uma história fascinante e uma gastronomia regional. Além disso, uma das principais vantagens das Magic Cities, é que todas elas são interligadas por trens, o que permite aos visitantes conhecer diversos destinos por meio de viagens rápidas e super confortáveis”, comenta Margaret Grantham, diretora para América do Sul do Centro de Turismo Alemão (DZT).

Destinos

Berlim: é reconhecida como uma metrópole vibrante e criativa. Seja para os amantes de arte e música, pessoas que ditam a moda ou “baladeiros”, visitar essa cidade fascinante é um must. Dificilmente qualquer outra metrópole europeia vem se desenvolvendo tanto e de forma tão dinâmica. Nos museus e galerias, nos palcos e nas passarelas, nas salas de concerto e nas discotecas ou nos restaurantes da capital alemã sempre se encontra algo novo para provar - ao todo, o hotspot criativo tem mais de 1.500 eventos por dia. Além disso, existem possibilidades de compras muito interessantes, uma vida noturna lendária, e, claro, uma história única, que atrai cada vez mais visitantes do país e de fora dele.

Colônia: A cidade e a catedral, declarada Patrimônio da Humanidade pela UNESCO, fascina tanto os turistas como os próprios moradores. Colônia não faz distinção entre história e atualidade, religião e entusiasmo pela vida. É possível admirar tesouros religiosos de valor imensurável na catedral e, também descobrir exposições de arte moderna do Museu Ludwig ou do passado romano-germânico no museu histórico. Ademais, pode-se explorar tesouros culturais e artísticos nas 12 igrejas romanescas de Colônia, nos 42 museus e nas aproximadamente 120 galerias. A cidade também é a sede das fábricas de fragrâncias mais antigas do mundo Farina e 4711. Feiras de âmbito internacional, como "Art Cologne", "Photokina" ou "imm cologne" (feira de móveis) são obrigatórias para qualquer apaixonado por artes e design.

Dresden: Dresden é hoje uma das cidades barrocas mais bonitas da Europa. Situada no vale do Elba, a "Florença da Alemanha" tornou-se um centro urbano moderno, conhecida por sua riqueza de tesouros artísticos e culturais, além de um centro pioneiro voltado para a ciência e a pesquisa. O gosto dos cidadãos pelas artes permitiu o florescimento de uma extraordinária vida cultural na cidade, refletida em edifícios tão famosos como a Igreja de Nossa Senhora, o Palácio Real, o Palácio Zwinger e Semper Opera House. Hoje, esta tradição continua com arquitetura premiada moderna. Os 12 museus da Coleção de Arte do Estado de Dresden formam a base da reputação da cidade como um centro internacional de arte e cultura, e ainda assim, estas são apenas parte de uma ampla variedade de diferentes museus.

Düsseldorf: Localizada no coração da Europa, Düsseldorf é a cidade da moda, das compras, da cultura e do estilo de vida. Grandes designers internacionais se apresentam em Königsallee ("Kö"), um dos shoppings mais luxuosos da Europa. A poucos passos dali, o visitante encontra o histórico Altstadt (Centro Antigo), mais conhecido como o "o bar mais comprido do mundo" com mais de 260 pubs, restaurantes e cervejarias, com suas famosas cervejas "Altbier" (ale). A maioria dos museus e mais de 100 galerias estão localizadas no Centro Antigo ou nos seus arredores, formando um "eixo de arte" virtual que corre paralelo ao rio Reno.

Frankfurt: Não importa se o motivo da sua viagem é fazer negócios, visitar uma feira comercial/conferência ou fazer turismo. Frankfurt sempre tem alguma coisa para todos. Na margem norte do Meno, o céu de Frankfurt está dominado por impressionantes arranha-céus, enquanto a Sachsenhausen, ao sul, possui tabernas tradicionais que servem vinho de maçã produzido localmente. Frankfurt é um centro financeiro global, sede do Banco Central Europeu, a principal Bolsa de Valores da Alemanha, e de mais de 300 instituições financeiras internacionais. A cidade também possui inúmeras atrações também culturais, entre elas estabelecimentos internacionalmente reconhecidos como o Museu de Arte Moderna (MMK) e do Museu Städel. A Frankfurt Opera House foi eleita o melhor teatro lírico da Alemanha pelo terceiro ano consecutivo pela revista alemã "Opernwelt".

Hamburgo: Quem já visitou a cidade fica encantado com sua elegância e charme. Uma excursão pelo porto ou pelo histórico "Armazém da Cidade" dá aos visitantes uma ideia da importância do comércio de mercadorias de todo mundo para a economia de Hamburgo. No centro, um dos marcos Hamburgo começa a crescer, a nova e espetacular Sala de Concertos Elbphilharmonie. Para os interessados em arte e cultura, o local já oferece as melhores exposições e apresentações em 70 museus e 40 teatros.

Hannover: Em Hannover, os magníficos Jardins Reais de Herrenhausen servem como pano de fundo durante o verão para espetáculos de fogos de artifício, peças de teatro, ao ar livre, e concertos. O Hannover Zoo, com seus habitats naturais é o zoológico de aventura número um da Europa. O agitado centro da cidade é ideal para fazer passear e descansar, graças ao seu impressionante centro de compras e seu charmoso centro antigo com ruas estreitas e praças tradicionais às margens do Rio Leine. A cúpula do esplêndido edifício da prefeitura domina uma vista impressionante de Hannover. Perto dali está o Lago Maschsee onde o visitante pode praticar várias atividades de lazer, tanto no próprio lago como nos seus arredores. Hannover é um lugar consagrado para feiras internacionais e eventos esportivos.

Leipzig: Ao longo de sua impressionante história, Leipzig teve diversos lemas: a "Cidade das Feiras e do Comércio", a "Cidade da Música", a "Cidade da Arte" ou "Cidade dos Heróis" por conta de sua revolução pacífica em 1989. A história da música europeia se mantém viva aqui: os visitantes podem seguir os passos de Johann Sebastian Bach, Felix Mendelssohn Bartholdy, Robert Schumann e Richard Wagner ou desfrutar de concertos com a famosa Orquestra Gewandhaus Leipzig ou o Coro dos Meninos de São Tomás. Pátria da "Nova Escola de Leipzig", a cidade é conhecida mundialmente e está na rota dos admiradores de arte. "Spinnerei", um antigo engenho de algodão no bairro de Plagwitz abriga inúmeras galerias e ateliês.

Munique: Por sua incomparável mistura de tradição e cidade cosmopolita, de simplicidade e inovação, Munique atrai turistas de todas as partes do mundo. As atividades favoritas de todos os turistas, incluindo cultura e compras, podem ser perfeitamente combinadas em Munique assim como em quase qualquer outra cidade. Com 1,3 milhão de habitantes, a cidade tem tudo o que o visitante pode esperar para uma estadia perfeita: orquestras de renome mundial, museus e coleções espectaculares. Além de castelos e igrejas, extensos parques, festivais populares, incluindo a famosa Oktoberfest e o Mercado de Natal. A cidade se orgulha de sua abundância de tabernas bávaras, agradáveis cafés, restaurantes gourmet e bares da moda.

Nuremberg: Nuremberg é famosa por seu pão de gengibre, suas salsichas bratwurst e seu Castelo Kaiserburg, mas a cidade tem muito mais a oferecer. Muito mais na verdade, pois em nenhum outro lugar o visitante vai encontrar tamanha riqueza em arte e cultura. O espetáculo de arte e museus "Blue Night", o festival "Bard Meeting" de cantores-compositores e os concertos clássicos ao ar livre clássicos com piqueniques no parque são parte do calendário de atrações de Nuremberg. Mas ainda dá para passar muito tempo também nos 30 museus da cidade, sem contar as ruas de compras de Nuremberg. Os visitantes vão descobrir muitas vistas impressionantes na cidade com casas medievais, seus edifícios de arenito e igrejas góticas centro antigo. A Casa Albrecht Dürer e o Germanisches Nationalmuseum guardam sua memória viva e colocam seus diversos tesouros artísticos à disposição para apreciação do público.

Stuttgart: Galerias de arte, exibições automotivas, museus de história etnológica e natural - os museus na região de Stuttgart não são apenas impressionantes pela quantidade, mas também pela sua enorme variedade. Dois dos maiores museus de arte estão localizados no coração da cidade: Stuttgart State Gallery, que possui um impressionante acervo de pinturas e é um dos museus mais visitados da Alemanha, e Stuttgart Kunstmuseum, que conserva a mais importante coleção de obras de Otto Dix. Na região também encontram-se grandes obras de arte de extrema importância. O Museu de Literatura Moderna, em Marbach apresenta tesouros literários do século 20 e atuais, enquanto o museu de folclórico na cidade de Waldenbuch – que também é a cidade natal do chocolate Ritter Sport - é um dos mais importantes do gênero no mundo germânico.

Fonte:Baobá Comunicação, Cultura e Conteúdo