Saúde

Home/ Notícias Online/ Saúde/ Proteção dos Olhos

Proteção dos Olhos

Publicada em : 19/06/2015

Saiba como protegê-los durante Festa Junina

Divulgação
As Festas Juninas podem causar problemas à saúde se não tomadas as devidas precauções. Além dos riscos de queimaduras, os fogos de artifícios e as fogueiras podem causar danos à visão.

A fumaça emitida pelas fogueiras é uma mistura de partículas e de produtos químicos com componentes tóxicos que causam Conjuntivite, que não é contagiosa. Os principais sintomas são ardência, lacrimejamento, prurido, vermelhidão, edema conjuntival e palpebral.

"Os fogos de artifício podem causar lesões com vários níveis de gravidade, dependendo da sua extensão. Entre as mais frequentes estão a ocorrência de corpo estranho nos olhos, como fragmentos de pólvora, que provocam lesões na córnea e na parede ocular. As queimaduras extensas e perfurações do globo, na maioria das vezes provocadas pela explosão das bombas juninas, são os casos com pior prognóstico visual. Alguns pacientes podem evoluir com cegueira completa e, até mesmo, retirada cirúrgica do globo ocular", explica o médico Oftalmologista da CLOE Oftalmologia especializada, Allisson Mario dos Santos. 


De acordo com o oftalmologista, algumas medidas simples podem prevenir, tais como: lavar as mãos ao manipular artefatos e fogos de artifício, manter uma distância segura, bem como proteger os olhos (óculos de proteção) e mãos (luvas apropriadas) sempre que presenciar a queima de fogos. " Em caso de irritação pela fumaça, usar soro fisiológico (resfriado) em abundância para retirar dos olhos todos os resíduos tóxicos e evitar automedicação", avisa.

É preciso também seguir a classificação indicativa para manuseio dos fogos, levando em conta a faixa etária, maturidade e experiência de cada indivíduo para cada tipo de fogos de artifícios. As crianças devem sempre estar acompanhadas por um adulto, já que estão mais expostas e, por isso, devem ser advertidas dos perigos.

Estas medidas poderão minimizar os possíveis riscos à saúde ocular e garantir um São João mais tranquilo.

Fonte:Elenita Fogaça Comunicação