Saúde

Home/ Notícias Online/ Saúde/ Dieta Mediterrânea

Dieta Mediterrânea

Publicada em : 20/09/2013

Especialista espanhola, Dra. Joima Panisello, chega a São Paulo para palestrar sobre os benefícios da Dieta Mediterrânea à saúde



O azeite de oliva extra virgem é reconhecidamente uma das melhores gorduras a serem ingeridas no dia a dia de todos aqueles que se alimentam. Os povos que habitam o mediterrâneo, desde seus primórdios, já tinham ciência dos benefícios trazidos pelo azeite, tanto que a dieta mediterrânea continua tendo o azeite como um dos seus pilares. No Brasil, o consumo de azeite de oliva extra virgem ainda não atingiu os patamares esperados e acredita-se que muito pela falta de conhecimento das suas propriedades.

Para ajudar a esclarecer os males entendidos sobre o que é gordura, as gorduras chamadas boas e as chamadas ruins, e quais os benefícios oferecidos pelo consumo do azeite extra virgem espanhol, a campanha Azeite Sua Vida, promovida pelo ICEX (Instituto Espanhol de Comércio Exterior - www.icex.es) - com apoio das marcas espanholas de azeite - traz ao Brasil a médica espanhola Dra. Joima Panisello, especialista em dieta mediterrânea, cardio-saudável e referência na questão dos lipídeos.

A palestra acontecerá no dia 23 de setembro (segunda-feira), na Anhembi Morumbi (Câmpus Centro), integrante da rede de universidades Laureate, para estudantes dos cursos de Medicina, Nutrição e Gastronomia e profissionais do setor. A mesa contará com a presença de um médico especialista e um professor da Universidade Anhembi Morumbi.

Sobre a palestra
Data: 23 de setembro de 2013
Local: Anhembi Morumbi - auditório 307 do Câmpus Centro (Rua Dr. Almeida Lima, 1134 – Mooca).
Horário 11h
Duração: 2 horas
Público estimado: 120 pessoas
Palestrante: Dra. Joima Panisello

Sabe-se que a população que vive em países banhados pelo mar Mediterrâneo tem menor frequência de enfermidades cardiovasculares e diversos tipos de câncer, além de uma melhor qualidade de vida. Acredita-se que isso ocorra devido, entre outros fatores, os hábitos alimentares tradicionais dessas pessoas que vivem na zona mediterrânea. Os benefícios dessa dieta devem-se fundamentalmente à presença de azeite de oliva extra virgem como fonte de gordura. Rico em ácido oleico e polifenoles, ele reduz a aparição de problemas cardiovasculares.

Esse conceito pôs a chamada dieta mediterrânea na mira de nutricionistas e médicos, além de chefs de cozinha, agricultores e meios de comunicação, entre outros. Hoje sabemos que a dieta é benéfica para o ser humano, tendo sido reconhecida pela UNESCO como patrimônio imaterial da humanidade em 2010.

Fonte:MailDP Imprensa