Saúde

Home/ Notícias Online/ Saúde/ Dicas para os primeiros dias c...

Dicas para os primeiros dias com os recém-nascidos

Publicada em : 03/07/2013

Inverno exige um pouco mais de cuidados com os bebês


Chegar em casa, com o bebê, vindo da maternidade é sempre um momento de muita ansiedade, nervosismo e alegria. O pequeno (a), que está nos braços da mamãe, requer cuidados em tempo integral e para tornar o cenário ainda mais tenso estamos no inverno.

Empresária há 10 anos do universo materno, Keila Cristiuma, diretora da marca Sempre Materna, sugere que a mamãe de primeira viagem respire fundo e acredite que é capaz. “É fato que levamos para casa um ilustre desconhecido que amamos incondicionalmente. Logo, questão de honra mostrar que saberá colocar em prática os ensinamentos que foram dados nos cursos para gestantes & casais grávidos da Sempre Materna”.

Dicas:

1 – Respire fundo e deixe a organização da casa por conta das vovós e do papai. Neste momento, a mamãe é exclusividade do bebê;
2 -  Deixe em vários pontos estratégicos da casa álcool em gel para que você não se estresse com as visitas, pois higienizar as mãos para “pegar” o bebê é fundamental tanto para as visitas quanto para os moradores da casa;
3 – Não saia fechando todas as janelas da casa. É importante que o ar seja trocado constantemente. Mas também não precisar gerar uma corrente de ar/ventania;
4- Não coloque o bebê para dormir no escuro. É importante que ele perceba a diferença de noite e dia para a organização do sono;
5 – Deixe o andamento da casa transcorrer naturalmente sem privar o bebê disso. Aspirador de pó, por exemplo, faz barulho e ele tem que se acostumar. A mesma coisa com o som da tevê, rádio.
6- Cuidado com os aquecedores de ambiente. Busque a opinião do pediatra do seu bebê.  Existe a ideia de que o cantinho do bebê deve ser "bem quentinho", e, na prática, usam-se os aquecedores para transformar o quarto em um verdadeiro "forninho", o que pode ser bastante perigoso, além de desconfortável para a criança.

Pior ainda é que muitas vezes o quarto do bebê é aquecido, mas os outros ambientes continuam com a temperatura normal. Esse contraste de temperaturas pode ser ruim para as vias respiratórias do recém-nascido do que uma temperatura estável, mesmo que mais baixa;
7 - Escolha a hora mais quente do dia para o banho do bebê. Normalmente ao meio-dia. Para evitar “golpes de ar”, o banho deve ser dado no mesmo local em que o bebê será trocado. Se for preciso, leve a banheira para o quarto do bebê. No inverno uma boa dica é fazer o banho por partes como foi ensinado no curso e provavelmente na maternidade, ou seja, antes de tirar a roupinha do bebê lave a cabeça e higienize o rosto. Para, posteriormente, tirar toda a roupinha e mergulhá-lo na água. Lembre-se, por mais que eles gostem do ambiente aquoso, não demore, pois a água da banheira esfria com rapidez em dias mais frios.
8- Lave o coto umbilical com água e sabão. Não é porquê tá frio que ele será deixado de lado. Não se esqueça que o coto não dói, é como o fio de cabelo nas pontas.
9 – O coto-umbilical não é um bicho-de-sete-cabeças e precisa ser higienizado a cada troca de fralda. Esse processo é importante para mumificá-lo e cair. Fique tranquila ao passar a haste flexível com o álcool a 70° graus. O bebê vai chorar, mas não é de dor e sim pelo gelado do álcool.
10 – Tenha as roupinhas por perto e vista primeiro o body e as meias para manter a temperatura corporal do recém-nascido. Fique tranquila em poucos dias você estará craque no assunto.
11 - No inverno não é aconselhável dar mais de um banho nos bebês. Mas se algum acidente acontecer e for inevitável faça meio banho para que ele não sofra com a queda da temperatura corporal. Recém nascidos são frágeis. Se optar pelo banho completo, evite usar sabão no corpo inteiro, já que o banho higiênico já foi dado anteriormente;
12 – Lembre-se que as fraldas possuem gel para segurar o xixi, portanto, fique atenta e não demore muito entre uma troca e outra, pois além de deixá-lo incomodado também pode deixá-lo com frio.

Fonte:Sempre Materna