Saúde

Home/ Notícias Online/ Saúde/ SP ganha ambulatório de saúde ...

SP ganha ambulatório de saúde para jovens trabalhadoras

Publicada em : 23/07/2012

Serviço no hospital estadual Pérola Byington vai oferecer exames ginecológicos a acompanhamento multidisciplinar

A Secretaria de Estado da Saúde entregou no mês passado o Ambulatório de Atenção Integral à Mulher Adolescente e Jovem Trabalhadora, na capital paulista. O serviço funcionará no hospital estadual Pérola Byington, na capital paulista, e contará com a equipe do programa de Saúde do Adolescente da pasta, coordenada pela médica Albertina Duarte Takiuti.
A unidade será destinada ao atendimento ambulatorial e de exames ginecológicos de adolescentes e jovens entre 16 e 24 anos que trabalhem, preferencialmente, na região central de São Paulo.

Localizado no segundo andar do hospital, o novo ambulatório possui estrutura com sala de espera, sala de atendimento individual, sala de exames e sala de coleta de materiais, e contará com dois médicos ginecologistas e um radiologista. Os atendimentos serão realizados todas as terças-feiras, das 15h às 19h, sempre com agendamento prévio feito por telefone.
Assim como consultas ginecológicas, as jovens trabalhadoras também poderão fazer, no mesmo local, exames como papanicolaou, de sangue e ultrassom, e os resultados sairão em até uma semana.

Cerca de 1,2 mil jovens por ano deverão ser atendidas no local. Além de exames médicos, elas receberão orientações relacionadas à saúde da mulher como conhecimento do próprio corpo, diagnóstico precoce de problemas ginecológicos, anticoncepção, sexo seguro e prevenção de doenças sexualmente transmissíveis.

O Ambulatório da Jovem Trabalhadora também visa oferecer atendimento humanizado, com a realização de grupos formados pelas pacientes, com a coordenação de médicos e psicólogos, para estimular a troca de experiências, discussão de gênero, relações familiares e projetos de futuro nos âmbitos profissional e pessoal, como instrumento para o desenvolvimento do autoconhecimento, senso crítico e cidadania.

“A criação de um ambulatório destinado à saúde de adolescentes e jovens trabalhadoras é de grande importância, pois aqui serão oferecidos atendimentos de média complexidade para um grupo de alta vulnerabilidade e que, em muitos casos, acaba deixando os cuidados com a própria saúde de lado por causa do trabalho”, diz Albertina Duarte.
Além das adolescentes e jovens trabalhadoras, o novo ambulatório também será destinado ao atendimento à mulher com deficiência física, que ocorrerá no último sábado de cada mês, das 8h às 12h, a partir do dia 28 de julho. Além de consultas e exames ginecológicos, as pacientes acima de 50 anos também poderão fazer exames de mamografia na unidade. O objetivo é atender até 20 mulheres por sábado.

O Hospital Pérola Byington fica na avenida Brigadeiro Luís Antônio, 683, bairro Bela Vista, região central de São Paulo.
 

Fonte:Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo