Saúde

Home/ Notícias Online/ Saúde/ Universidade oferece programas...

Universidade oferece programas gratuitos para tratamento à obesidade

Publicada em : 02/02/2012

Inscrições podem ser feitas por telefone ou e-mail

Mais da metade dos brasileiros está acima do peso. Entre as crianças, o número chega ultrapassa os 30%, de acordo com levantamento do Ministério da Saúde. As cifras, que vêm variando nos últimos 20 anos em sentido ascendente, são resultado de uma série de fatores, que podem ou não vir associados: maus hábitos alimentares, que muitas vezes começa na infância; sedentarismo, crescente em crianças que têm trocado atividades ao ar livre pelo computador, TV e videogame; estresse e correria da vida moderna são a lguns exemplos. Isso sem contar o fator genético, também responsável por milhares de casos da doença.

Se os dados assustam, as doenças relacionadas ao mal são igualmente preocupantes. De acordo com especialistas, entre as principais consequências da obesidade estão o aumento dos casos de diabetes, os problemas cardiovasculares e a elevação dos níveis de colesterol e triglicérides.

Ciente de seu papel social, a Universidade Guarulhos (UnG), na grande São Paulo, está com as inscrições abertas para dois programas gratuitos voltados ao atendimento a pessoas acima do peso: o Goam (Grupo Obesidade Atendimento Multidisciplinar) e o Goami (Grupo Obesidade Atendimento Multidisciplinar Infantil).

Ambos têm uma dinâmica simples, entretanto, extremamente eficaz: uma vez por semana os pacientes se reúnem e, com o respaldo de profissionais e est udantes de Nutrição, Psicologia, Enfermagem, Fisioterapia e Educação Física, recebem acompanhamento gratuito durante três meses. Nesse período, são orientados a escolher melhor os alimentos, aprendem técnicas de exercícios físicos e descobrem se o aumento de peso está atrelado a algum problema de origem psicológica.

“Para quem não emagrecer ou se sentir inseguro tem a opção de seguir o tratamento no grupo de manutenção, também gratuito”, explica o psicólogo José Cândido Cheque, coordenador do Paddac (Programa de Ação-Docente-Discente Assistencial Comunitário), idealizador do Goam e do Goami. “Nossa meta é proporcionar qualidade de vida e recuperar a auto-estima das pessoas”.

Os interessados em se inscrever ou fazer o mesmo pelo filho podem ligar para o telefone (11) 2475-8300; ou enviar e-mail com nome completo, telefone de contato, peso e altura para o endereço paddac@ung.br. A data limite é 03 de fevereiro.

Fonte:Assessoria de Comunicação – UnG