Saúde

Home/ Notícias Online/ Saúde/ São Paulo tem queda de 29% nos...

São Paulo tem queda de 29% nos casos de dengue

Publicada em : 02/02/2012

Resultado é atribuído à ação dos profissionais da saúde e à conscientização da população

A cidade de São Paulo registrou, em dezembro de 2011, apenas dois casos de dengue. O número é 85,7% menor do que o registrado no mesmo período de 2010, quando foram notificados 14 casos autóctones (contraídos na capital). Além disso, em relação ao ano passado, a quantidade de pessoas que contraíram a doença também diminuiu, foram 5.866 de janeiro a dezembro de 2010 contra 4.161 no mesmo período do ano passado - queda de 29%.

O resultado é fruto do trabalho desenvolvido pelo Município de São Paulo, que conta com 2,7 mil agentes de zoonoses e 6 mil agentes comunitários de saúde da Estratégia Saúde da Família (ESF) nas ações de prevenção e controle. Esse contingente trabalha de forma descentralizada, em todas as regiões da cidade, melhorando a adesão da população às ações de prevenção. Durante todo o ano, o agente é responsável por uma mesma região, a qual passa a conhecer e a ser reconhecido por seus moradores. Isso serve de estímulo ao que é mais importante no controle da doença: a adesão dos paulistanos no controle diário da doença.

Mesmo com a situação sob controle, a coordenadora do Programa Municipal de Controle da Dengue, Bronislawa de Castro, alerta: "Não podemos deixar de eliminar a água parada. A dengue é uma doença muito séria. Chamamos toda a população para que nos apoie e continue esse trabalho conjunto".

A capital registrou, em 2011, outra importante marca. A incidência de dengue foi de 37,6 casos da doença a cada grupo de 100 mil habitantes, ou seja, menos da metade do que é classificado como baixa incidência pelo Ministério da Saúde (MS)*. Essa índice é a relativização do número de casos ao número de habitantes de uma cidade. 

Fonte:Secretaria Municipal da Saúde (SMS)