Saúde

Home/ Notícias Online/ Saúde/ Volta às aulas: hora de vacina...

Volta às aulas: hora de vacinar as crianças

Publicada em : 27/01/2012

O início do ano letivo é mais um motivo para que os pais coloquem em dia o calendário de vacinação dos filhos

As férias escolares logo se encerram e a maioria dos pais já começa os preparativos para a volta às aulas da criançada. Mas, muitos se esquecem que a ocasião também exige preocupações com a saúde dos pequenos. Isso porque na escola as crianças passam muito tempo em salas fechadas, o que facilita a transmissão de doenças infectocontagiosas. Portanto, o momento é ideal para colocar em dia o calendário de vacinação dos filhos.

"Os pais costumam dar muita atenção à vacinação quando os filhos ainda são bebês. Mas, quando a criança entra em idade escolar alguns pais se descuidam e acabam perdendo as datas de reforços importantes", explica Jorge Huberman, neonatologista e pediatra do Instituto Saúde Plena e do Hospital Albert Einstein. Para ajudar a organizar a vacinação dos filhos, o pediatra lista abaixo as vacinas necessárias para crianças de 3 a 14 anos.

Vacinas*:
- Tríplice bacteriana (DTP ou DTPa): reforço aos 4 e aos 5 anos da criança;
- Poliomielite (vírus inativados): reforço aos 4 e aos 5 anos da criança;
- Influenza (gripe): reforço anual;
- Poliomielite oral (vírus vivos atenuados): para essa vacina há os dias nacionais de vacinação comunicados pelo governo;
- Tríplice viral (sarampo, caxumba e rubéola): a segunda dose deve ser dada aos 4 e aos 5 anos de idade;
- Varicela (catapora): segunda dose aos 4 anos de idade;
- HPV: deve ser aplicada em meninas de 11 a 12 anos de idade. A princípio, apenas as meninas deverão ser vacinadas. Sempre que possível, deve ser aplicada preferencialmente na adolescência, antes de iniciada a vida sexual, entre 11 e 12 anos.
- Tríplice bacteriana acelular do tipo adulto (dTpa): Reforço deve ser dado aos 14 anos de idade.

 

Fonte:Associação Brasileira de Imunizações (SBIM)/ Time Comunicação