Saúde

Home/ Notícias Online/ Saúde/ Dicas para quem abusou do sol ...

Dicas para quem abusou do sol neste verão

Publicada em : 20/01/2012

Agora é tarde? A dermatologista Adriana Caldas dá algumas dicas para quem abusou do sol e está vermelho como um pimentão

O verão chegou e já tem muita gente aproveitando o calor e o sol forte para pegar aquela cor e ficar com a pele bronzeada e com aquela marquinha de sol. Mas quando não são tomados os cuidados básicos, as marcas que ficam na pele nem sempre são aquelas tão desejadas.

Manchas, pele ressecada e descascada, envelhecimento precoce são alguns efeitos de um banho de sol sem o uso de protetores solares capazes de proteger a pele dos efeitos nocivos dos raios ultravioletas. A dermatologista Adriana Caldas, da clínica Unidermato, especialista em dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia lembra que os cuidados com a saúde da pele não podem ser deixados de lado. “O verão é a época em que as pessoas ficam mais expostas ao sol e, consequentemente, ficam mais vulneráveis a todos os prejuízos causados pelo excesso de exposição aos raios solares. O hábito de tomar sol sem proteção pode até causar o câncer de pele”, avisa. 

Um jeito prático de avaliar a gravidade de uma queimadura é se houve formação de bolhas. A presença de bolhas indica uma queimadura de segundo grau, que já é mais grave que uma de primeiro grau, exigindo maiores cuidados. As queimaduras podem ser classificadas de acordo com a profundidade em primeiro, segundo ou terceiro grau.

Adriana esclarece que, se a pele já está bastante queimada pelo sol, a única coisa a se fazer é aliviar os sintomas com algumas dicas simples:

-Faça compressas frias com bolsas térmicas próprias ou com toalhas umedecidas sobre a pele para refrescar; ou use água termal em spray gelada (há várias marcas no mercado);

-Em caso de queimadura, não passe nenhuma pomada ou creme sobre a área afetada. Deixe a área queimada exposta, mas protegida do sol;

-Em queimadura mais leve, sem bolhas, pode ser usado um creme a base de corticóides leves, por pouco tempo, sempre indicado por um médico;

-Em queimaduras mais graves, com bolhas pode ser usada vaselina líquida. Mas sempre com orientação médica para que seja diagnosticada uma possível infecção;

-Se formar bolhas, não as estoure;-Evite tomar sol sobre a pele nova;

-Use bastante hidratante. Se preferir, deixe-o resfriar na geladeira antes da aplicação;

-Beba bastante água para hidratar a pele;

-Procure um posto médico para mais orientações.Segundo estimativas do Inca – Instituto Nacional do Câncer, em 2012 serão contabilizados 6230 novos casos de câncer de pele, tipo de câncer mais frequente no Brasil.

A solução para evitar esses males é a prudência em frequentar locais ensolarados em momentos de menor intensidade da irradiação e por um período reduzido, com permanência na sombra e com uso de chapéus e camisetas e sempre filtro solar com fator de proteção solar(fps) 30 ou mais. 

Fonte:Guimarães Comunicação