Notícias

Home/ Notícias Online/ Notícias/ Irregularidades nas festas jun...

Irregularidades nas festas juninas

Publicada em : 14/06/2016

Erros na pesagem de alimentos, bebidas e fogos típicos dessa época

Divulgação
Especialistas do IPEM-SP (Instituto de Pesos e Medidas do Estado de São Paulo), autarquia do Governo do Estado que tem como finalidade proteger o consumidor, realizaram nesta segunda-feira, 13 de junho, a análise de produtos típicos de festa junina, durante a operação "Pulando a Fogueira".

De acordo com o superintendente adjunto do IPEM-SP, Arlindo Afonso Alves, “o objetivo foi verificar a fidelidade das indicações contidas nas embalagens de paçocas, pé-de-moleque, vinho, milho para pipoca, itens de decoração e até fogos de pequena potência (biriba, estalo, traque, fósforo de cor). Para que o consumidor não leve gato por lebre”.

Os laboratórios do instituto localizados na capital, em Bauru, Ribeirão Preto, São Carlos e São José do Rio Preto, analisaram 57 produtos, dos quais 35% (20) apresentaram irregularidades.

Na capital, foram avaliados dez itens, sendo que dois deles (20%) entregavam ao consumidor menos que o prometido.

O município de Bauru teve dez produtos verificados, dois (20%) apresentaram erros.

Na cidade de Ribeirão Preto, 13 produtos foram verificados, sendo sete (54%) apresentaram erros.

Em São Carlos, dos dez produtos verificados, um (10%) apresentou erro.

Em São José do Rio Preto, foram verificados 14 produtos, sendo que oito deles (57%) estavam irregulares.

As empresas autuadas pelo IPEM-SP têm dez dias para apresentar defesa ao órgão. No caso de produtos pré-medidos, as multas podem chegar a R$ 30 mil, dobrando na reincidência.

Em 2015, a mesma operação fiscalizou na Capital, dez itens, sendo que quatro deles (40%) entregavam ao consumidor menos que o prometido. O município de Bauru teve 11 produtos verificados, 3 (28%) apresentaram erros. Em São Carlos, dos dez produtos avaliados, um (10%) apresentou erro. Em São José do Rio Preto, foram avaliados 11 produtos, sendo que sete deles (64%) estavam irregulares. Na cidade de Ribeirão Preto, dez produtos foram verificados, sendo cinco (50%) apresentaram erros.

Orientação para o consumo

O IPEM-SP disponibiliza para download o Guia Prático de Consumo, que traz dicas ao consumidor sobre o que observar na hora da compra de produtos embalados, têxteis, eletrodomésticos, itens que devem trazer o selo do Inmetro e também a utilização de balanças disponíveis em supermercados, padarias, açougues e outros tipos de comércio. Acesse: http://goo.gl/y7TOXV www.ipem.sp.gov.br
Divulgação

Fonte:Assessoria de Imprensa do IPEM-SP