Notícias

Home/ Notícias Online/ Notícias/ São Paulo é segunda melhor cap...

São Paulo é segunda melhor capital

Publicada em : 24/03/2016

Saneamento básico

divulgação
 novo ranking do saneamento, divulgado hoje pelo Instituto Trata Brasil, destaca São Paulo com a segunda melhor capital do País em saneamento básico. Além disso, outra cidade operada pela Sabesp, Franca, é o melhor município brasileiro pelo terceiro ano consecutivo, com 100% de abastecimento de água, 100% de coleta de esgoto e 100% de tratamento de esgoto. O relatório também destaca Santos, São José dos Campos e Taubaté entre as 20 melhores cidades do país.

        O diagnóstico dos principais indicadores de saneamento básico dos 100 maiores municípios brasileiros (em população) tem como base o SNIS 2014 (Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento) do Ministério das Cidades.

Além da campeã Franca, a Sabesp possui mais três cidades entre as 20 primeiras: Santos, que aparece em 5º lugar; São José dos Campos, em 7º; e Taubaté, em 20º. O estudo aponta, também, o salto que o município de São Paulo deu em relação ao relatório do ano anterior, passando da 34ª posição para a 22ª no ranking geral de cidades com melhores índices em saneamento básico. Salto esse ligado, sobretudo, à melhora nos índices de tratamento de esgoto e de novas ligações, também de esgoto.  

O estudo aponta que a média dos 100 municípios de atendimento total de água foi de 93,27%, portanto superior à nacional (83%). Em relação à coleta de esgotos, a média dos 100 municípios em população foi de 70,37%, também superior ao índice nacional (49,8%).

Veja abaixo mais detalhes dos investimentos em cada uma das três cidades que estão entre as 10 melhores do ranking:

        Franca

É referência de serviços de saneamento. A Sabesp atua no município desde 1977. Quando assumiu os serviços, o abastecimento não era regular e atingia apenas 70% dos imóveis; metade da população não tinha coleta de esgoto e não havia tratamento do esgoto coletado. Os investimentos universalizaram o saneamento básico em 1998. Franca, hoje com cerca de 340 mil habitantes, foi uma das primeiras cidades desse porte no Brasil a atingir esse patamar de atendimento em saneamento básico, tornando-se referência em tecnologia e qualidade nos serviços prestados.

Entre os exemplos de pioneirismo, podemos citar o laboratório de controle de qualidade de água, o primeiro a receber certificação no Brasil, em 2000. Dois anos depois, em 2002, a cidade foi a primeira da Sabesp a receber o certificado ISO 9001, com reconhecimento da qualidade de todos os serviços prestados. Outro destaque é o programa de combate a perdas de água. O índice é de 13,5%, semelhante ao de países desenvolvidos.

Santos

Santos se mantém entre as dez melhores posições do ranking desde as primeiras divulgações do instituto. Entre os anos de 2009 e 2013 a Sabesp aplicou R$ 26,21 milhões neste município. Os índices santistas encontram-se consolidados, reflexo da universalização da cobertura dos sistemas de abastecimento de água e esgotamento sanitário. Hoje a cidade se encontra no 5° lugar e já esteve por dois anos consecutivos no topo da lista.

        São José dos Campos

Maior município do Vale do Paraíba, São José dos Campos ficou em 7º lugar no ranking/2014, com 100% de atendimento total de água e 96,10% de atendimento total de esgoto. Em 2013, o município ocupou a 17ª posição e em 2012, a 7ª colocação.

Taubaté

O município ocupa o 20º lugar na lista dos 20 melhores em saneamento básico. Taubaté tem 100% de atendimento total de água e 96,58% em atendimento total de esgotos. Tanto em São José como em Taubaté os indicadores apontam para a universalização dos serviços de saneamento básico.

Fonte:Assessoria de comunicação da Sabesp