Notícias

Home/ Notícias Online/ Notícias/ Preço de ovos de Páscoa

Preço de ovos de Páscoa

Publicada em : 17/03/2016

pode variar em até 125,48%

divulgação
Com objetivo de orientar e oferecer uma referência ao consumidor , o Procon-SP, órgão vinculado à Secretaria da Justiça e da Defesa da Cidadania do Governo do Estado de São Paulo fez levantamento de alguns produtos específicos de Páscoa. Entre os ovos, a maior diferença constatada foi de 125,48% nos o vinhos de chocolate ao leite (recheios: trufas, brigadeiro, ao leite e morango) – 110g da Montevérgine, cujo preço variou de R$ 3,10 a R$ 6,99.

Nos preços dos bombons, a maior diferença encontrada foi de 158,43% nos bombons finos com licor e cereja – bag – 195g da Montevérgine, que custava R$ 4,33 em um estabelecimento e, R$ 11,19 em outro.

A maior variação nos bolos de Páscoa foi de 93,11% e, nas barras de chocolate, 51,74%.

Dentre os 10 locais envolvidos na pesquisa, um supermercado   da região Norte foi o que apresentou a maior quantidade de produtos com menor preço, 54 itens dos 113 encontrados, o que representa 48%.

A coleta, foi realizada entre os dias 29 de fevereiro e 2 de março, em 10 estabelecimentos distribuídos pelas cinco regiões do município de São Paulo. Foram comparadas 25 tipos de barras de chocolate, 21 sabores de bolos de Páscoa, 13 referências de caixas de bombons e 77 sabores de ovos de Páscoa das principais marcas, totalizando 136 itens pesquisados.

Na comparação de produtos específicos de Páscoa comuns entre as pesquisas de 2016 e 2015 efetuadas no município de São Paulo, constatou-se que houve, em média, acréscimo nos bolos de Páscoa de 10,09% e nos ovos de Páscoa de 30,75%. O Índice de Preços ao Consumidor – IPC-SP da FIPE, referente ao período de março de 2015 a fevereiro de 2016, registrou uma variação de 10,45%.


Confira a pesquisa completa aqui .

O Procon-SP orienta que o consumidor faça uma comparação entre os preços praticados por diferentes estabelecimentos e também considere a relação qualidade, peso e valor do item a ser adquirido.

Neste ano, em especial, foi observado no levantamento que alguns fabricantes reduziram a gramatura de seus produtos, sendo observado com mais frequência nos Ovos de Páscoa. Com intuito de facilitar a comparação e possibilitar ao consumidor opções mais baratas nesta Páscoa, foi elaborado um estudo, tomando-se como base o valor médio dos produtos pesquisados em 2016 (veja tabela VALOR MÉDIO DO QUILO - BASE: COLETA 29/02 A 02/03/16).

Mais orientações sobre a compra destes produtos podem ser consultas neste link http://www.procon.sp.gov.br/noticia.asp?id=4558

Fonte:Procon-SP