Notícias

Home/ Notícias Online/ Notícias/ Dúvidas sobre o Imposto de Ren...

Dúvidas sobre o Imposto de Renda

Publicada em : 02/04/2014

Dúvidas sobre a obrigatoriedade do Imposto de Renda Pessoa Física fazem com que inúmeros contribuintes deixem de declarar

Divulgação
Dia 30 de abril é o último dia para enviar a declaração do Imposto de Renda à avaliação da Receita Federal, porém, dos 27 milhões de contribuintes estimados para entregar o documento este ano, mais da metade ainda não o fizeram. Para quem não cumprir com as obrigações dentro do prazo, o valor mínimo da multa é de R$ 165,74 e pode chegar a 20% do valor a ser declarado.

Afim de orientar as pessoas que ainda têm dúvidas sobre a obrigatoriedade ou não do envio da declaração neste ano, o Dr. Francisco Arrighi , da Fradema Consultores Tributários, elaborou uma lista com os itens de quem precisa apresentar a Declaração de Ajuste Anual relativa ao exercício de 2014, ano-calendário de 2013. Confira:

1 - recebeu rendimentos tributáveis, sujeitos ao ajuste na declaração, cuja soma foi superior a R$ 25.661,70;

2 - recebeu rendimentos isentos, não tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte, cuja soma foi superior a R$ 40 mil;

3 - obteve, em qualquer mês, ganho de capital na alienação de bens ou direitos, sujeito à incidência do imposto, ou realizou operações em bolsas de valores, de mercadorias, de futuros e assemelhadas;

4 - relativamente à atividade rural:

a) obteve receita bruta em valor superior a R$ 128.308,50;

b) pretenda compensar, no ano-calendário de 2013 ou posteriores, prejuízos de anos-calendário anteriores ou do próprio ano-calendário de 2013;

5 - teve, em 31 de dezembro, a posse ou a propriedade de bens ou direitos, inclusive terra nua, de valor total superior a R$ 300 mil;

6 - passou à condição de residente no Brasil em qualquer mês e nesta condição se encontrava em 31 de dezembro;

7 - optou pela isenção do Imposto sobre a Renda incidente sobre o ganho de capital proveniente da venda de imóveis residenciais por ter aplicado o capital na aquisição de outro imóvel localizado no País, no prazo de 180 (cento e oitenta) dias contados da venda do primeiro imóvel.

Base Legal: Instrução Normativa RBF nº 1.455, de 6 de março de 2014

“O auxílio de um especialista é sempre o melhor caminho”, pois as declarações onde há operações em bolsas de valores onde ha ganhos e perdas e pensando na possibilidade de utilização de resultado negativo anterior quando há um lucro,  outra coisa que causa muita dificuldade de preenchimento é o ganho rural onde o contribuinte é obrigado a preencher um livro caixa com um plano de contas conclui o especialista

 

Fonte:Clozel Comunicação