Notícias

Home/ Notícias Online/ Notícias/ Pateo do Collegio oferece wi-f...

Pateo do Collegio oferece wi-fi gratuito à população

Publicada em : 30/01/2014

Oferece wi-fi gratuito

Divulgação
O Pateo do Collegio é a primeira das 120 praças da cidade a receber wi-fi pelo projeto WI-fi Livre. O ponto turístico oferece internet banda larga grátis, com velocidade de 512 kbit/s, e acesso livre. O prefeito Fernando Haddad esteve nesta sexta-feira (24) no local e testou a navegação pública.
Para Haddad, o programa deve modificar a relação da população com os espaços públicos de São Paulo. “Aqui nesta praça até 100 pessoas vão poder usar simultaneamente com a mesma velocidade. Isto deve alterar um pouco a maneira como o paulistano usa as praças. Os locais vão receber mobiliário para que as pessoas possam utilizar com conforto a internet gratuita”, afirmou o prefeito.
Além do Pateo do Collegio, já entrou em funcionamento o wi-fi livre na Praça Dilva Gomes, em Itaquera, na zona leste. Na próximas semanas, será a vez do Mercado Municipal, do vão do Museu de Arte de São Paulo (Masp), da Praça Benedito Calixto, em Pinheiros, do Largo do Japonês, na Casa Verde, e da Praça Fortunato da Silveira, em São Miguel Paulista. A instalação em todas as 120 praças está prevista para ocorrer até junho de 2014.
Cada um dos 96 distritos da Capital terá um ponto público de Internet banda larga, instalado em espaços com grande concentração de pessoas, como praças, terminais de passageiros, parques, centros de convivência ou vias públicas. A expectativa é de que a rede atenda mais de 190 mil usuários por mês.
“A nossa política é de acesso livre, as pessoas terão uso sem cadastro, sem qualquer restrição”, explicou o secretário municipal de Serviços, Simão Pedro. Durante a utilização do wi-fi, a Prefeitura não solicita nenhum dado pessoal, são apenas coletadas informações referentes ao controle da qualidade da conexão, como velocidade, usuários simultâneos e consumo da banda.
A conexão funciona 24 horas e a velocidade oferecida é suficiente para a navegação eficiente pela internet, inclusive para assistir a vídeos, baixar e subir arquivos.
Segurança
O contrato firmado pela Prefeitura prevê controle de qualidade, estabilidade de conexão e garantia de banda. A infraestrutura instalada deve assegurar o acesso à Internet por meio de dispositivos de diversos tipos, como celulares, tablets e notebooks.
Todos os dados que circularem na rede serão protegidos por confidencialidade e não haverá qualquer restrição no conteúdo acessado. O prestador de serviço não está autorizado a filtrar o tráfego por IP de origem ou de destino, por aplicação ou por conteúdo, exceto para cumprir legislação em vigor. As redes possuem um sistema de gestão que permite detectar e evitar possíveis incidentes e cumprir determinações legais e judiciais.
As empresas responsáveis pelo fornecimento do serviço de internet têm contrato de três anos. O investimento no programa é de cerca de R$ 27,5 milhões. 

Fonte:Secretaria Executiva de comunicação