Notícias

Home/ Notícias Online/ Notícias/ Até o Carnaval doações de sang...

Até o Carnaval doações de sangue podem cair

Publicada em : 08/01/2014

Queda no número de doadores permanece no período de férias

Divulgação
Desde as festas de fim de ano até o Carnaval as doações de sangue diminuem em razão de muitas pessoas estarem de férias. Em contrapartida, nesta época do ano aumenta significativamente o número de acidentes.

No período, hemocentros e bancos de sangue precisam manter os estoques para atender as demandas por transfusões dos hospitais e serviços de urgência e emergência. A Associação Beneficente de Coleta de Sangue (Colsan), entidade que abastece com hemocomponentes todos os hospitais da prefeitura do município de São Paulo e hospitais das regiões do ABC, Jundiaí e Sorocaba, reforça que, apesar das campanhas de conscientização quanto ao ato de doar, o número de doadores de sangue está abaixo do esperado.

De acordo com José Augusto Barreto, superintendente geral da Colsan, se cada pessoa saudável doasse sangue pelo menos duas vezes ao ano, os hemocentros teriam hemocomponentes suficientes para atender toda a população. “Cada doação pode ser utilizada por, no mínimo, três pessoas. O material é fracionado em hemácias (que podem ser armazenadas por 35 dias), plaquetas (muito requisitadas por pacientes com câncer, podem ser conservadas por apenas cinco dias), e plasma, que pode ficar armazenado por até um ano.

Requisitos para doação
  • Portar documento oficial de identidade com foto (RG, Carteira Profissional, Carteira de Habilitação);
  • Ter entre 16 e 69 anos de idade, sendo que a primeira doação deve ter sido feita antes dos 60 anos (os postos de coleta de sangue terão que se adequar ao aumento da idade máxima para doar sangue de 67 para 69 anos até dia 11/02. Quem estiver nesta faixa etária e quiser doar antes desta data deverá ligar para o posto escolhido para confirmar se ele já está adequado às novas regras);
  • Pesar acima de 50 Kg;
  • Estar em boas condições de saúde;
  • Estar alimentado, porém tendo evitado refeições pesadas (gordurosas);
  • Não deve ter risco acrescido para doenças transmissíveis pelo sangue (usuário de drogas injetáveis e inalatórias, prática de sexo não seguro e vários parceiros sexuais ou ser parceiro sexual de portadores de Aids ou Hepatite).
Obs: Os doadores menores de 18 anos acompanhados pelo responsável legal devem levar cópia do documento de identidade de ambos e preencher autorização no momento da doação, ou se desacompanhado, levar cópias dos documentos de identidade e o documento de autorização para doação com firma reconhecida em cartório.

Acesse para conferir os locais para doação:
http://www.colsan.org.br/site/doador/locais-para-doacao-de-sangue.html

Fonte:RS Press