Notícias

Home/ Notícias Online/ Notícias/ Alckmin entrega lancha e ferry...

Alckmin entrega lancha e ferry boat para Travessia Santos- Guarujá

Publicada em : 18/04/2013

Embarcação de passageiros e balsa para veículos foram adquiridas pela DERSA por R$ 13,8 milhões, dentro do Programa de Modernização das Travessias


O governador Geraldo Alckmin entregou, em Santos, nesta quarta-feira, 17, uma nova lancha de passageiros (LS 01) e uma nova balsa de veículos (FB 28) para a Travessia entre Santos e Guarujá. A aquisição das embarcações, que juntas somam R$ 13,8 milhões (LS 01 – R$ 6,7 milhões e FB 28 - R$ 7,1 milhões), faz parte do Programa de Modernização das Travessias Litorâneas Paulistas, implantado pela DERSA – Desenvolvimento Rodoviário S/A em 2011.

O programa prevê investimento do Governo do Estado superior a R$ 210 milhões. O recurso está sendo utilizado para substituir lanchas e ferry boats antigos por embarcações modernas e maiores, revitalizar as existentes, trocar motores e equipamentos de navegação, adquirir sistemas informatizados de controle de tráfego, reformar e ampliar os atracadouros. Mais de R$ 60 milhões foram aplicados apenas em 2011 e mais de R$ 150 milhões serão destinados entre 2012 e 2013. Trata-se do maior investimento já realizado na história do sistema.

Conforto para pedestres e ciclistas

Com o início da operação da LS 01, a travessia de pedestres e ciclistas entre a Praça da República (Santos) e Vicente de Carvalho (Guarujá) ficará mais confortável para os 18 mil usuários que utilizam o serviço diariamente. Com capacidade para 370 passageiros (219 sentados e 151 em pé) e 50 bicicletas, a nova lancha é fechada e equipada com ar condicionado, poltronas com encosto de cabeça e aparelhos de TV. A embarcação é do tipo catamarã, possui casco duplo e motores de menor potência, o que garante navegação estável e menor consumo de combustível.

Esta é a primeira, das quatro lanchas deste tipo adquiridas pela DERSA para a Travessia de Pedestres, a ser entregue ao Sistema. As restantes (LS 02, LS 03 e LS 04) deverão entrar em operação ainda este ano - uma no primeiro semestre e duas no segundo. O investimento total nas novas lanchas é de R$ 26,8 milhões.

Com a chegada das novas embarcações, as antigas serão retiradas de operação gradualmente. A primeira a ser substituída será a Adhemar de Barros, com mais de 40 anos de uso. A previsão é de que a capacidade operacional da travessia de passageiros entre Santos e Guarujá aumente em cerca de 15% com as novas aquisições da companhia.

Navegação estável

A travessia de veículos entre Santos – Guarujá, que recebe diariamente mais de 25 mil usuários, será beneficiada com mais um ferry boat. O FB 28, em fase de testes operacionais desde 12/4, inicia seus trabalhos nesta quarta-feira aumentando a capacidade operacional e reduzindo o tempo de espera na fila em três minutos.

A balsa, com capacidade para 60 carros, é a quinta das cinco embarcações para veículos adquiridas pela DERSA para o Sistema de Travessias Litorâneas do Estado de São Paulo. No ano passado foram entregues a FB-26, FB-29 e FB-30 e neste ano, a FB 27.

O FB 28 é uma embarcação tipo catamarã (dois cascos), mais leve, mais econômica e mais segura. Sua estrutura possibilita navegação mais estável e suave, mesmo diante de condições de maré adversas. A dupla proa elimina manobras de atracação e otimiza o tempo de embarque e desembarque.

Equipada com quatro modernos motores eletrônicos de alto desempenho, potência de 340 hp cada um, a embarcação tem menor consumo de combustível e baixa emissão de gases (classificação Tier 3 - padrão de qualidade na emissão de poluentes). A DERSA é pioneira na utilização de motores marítimos da categoria Tier 3 no Brasil.

Investimento nas Travessias

Além dos cinco novos ferry boats e das quatro novas lanchas adquiridas pela DERSA, também fazem parte do Programa de Modernização das Travessias Litorâneas, a implantação do Bilhete Inteligente para os passageiros (2011), a aquisição de 20 novos motores marítimos de última geração para as embarcações (2011), a ampliação do atracadouro de Santos (2011) e atracadouros novos para Guarujá e Bertioga (iniciado em 2012), além da revitalização de 20 embarcações (12 concluídas e 8 previstas para 2013).

A execução do plano de modernização das Travessias Litorâneas aumentará a capacidade operacional do sistema, oferecendo mais conforto e segurança para os usuários.

Fonte:DERSA