Notícias

Home/ Notícias Online/ Notícias/ Curso gratuito de pizzaiolo

Curso gratuito de pizzaiolo

Publicada em : 04/03/2013

Dídio Pizza em parceria com Prefeitura de São Paulo abre novas inscrições para o curso


Estão abertas as inscrições para mais um curso gratuito de pizzaiolos, que terá início no dia 18 de março em São Paulo. A iniciativa é resultado da parceria entre a Dídio Pizza (rede de pizzarias delivery) e a Semdet (Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e do Trabalho), que já formou mais de 480 pizzaiolos e agora abre mais 50 vagas para a terceira turma de 2013. As inscrições vão até o dia 13 de março.

O curso será dividido em duas partes: entre os dias 18 e 21 de março serão ministradas as aulas teóricas na unidade do CAT (Centro de Apoio ao Trabalhador) de Interlagos (Av. Interlagos, 6.122
das 7 às 18h de segunda-feira a sexta-feira) e no dia 22 de março será a vez das aulas práticas na unidade da Lapa da Dídio Pizza (Rua Tito, 1274).

O curso forma trabalhadores para pizzarias com possibilidade de contratação na própria rede Dídio Pizza. A primeira parte do curso ensina boas práticas de manipulação de alimentos, vigilância sanitária, higiene pessoal e ambiental, controle de pragas, compras, recebimento e armazenamento, além de regras de segurança do trabalho. A segunda parte, já na cozinha da Dídio Pizza, vai levar os alunos que tiverem 100% de assiduidade e aproveitamento na fase teórica para, literalmente, colocar a mão na massa e preparar pizzas variadas, aplicando os conceitos que aprenderam.

Os critérios continuam os mesmo para que o aluno passe para a etapa prática do curso, como:
•    Assiduidade e pontualidade em todos os dias do treinamento teórico;
•    Não possuir experiência anterior em cozinhas de pizzarias;
•    Estar fora do mercado de trabalho;

Segundo a nutricionista responsável pelo curso, Adriana Rios, a formação é completa: “quem fizer o curso vai sair sabendo como deve se portar em uma cozinha profissional de pizzarias”, explica. , para que os jovens possam entrar no mercado de trabalho e conseguir uma vaga em uma das mais de 4 mil pizzarias existentes na cidade de São Paulo, que só perde para Nova Iorque no consumo de pizzas.

Fonte:SEMDET