Notícias

Home/ Notícias Online/ Notícias/ Prêmio Sport Life

Prêmio Sport Life

Publicada em : 09/10/2012

Arthur Zanetti e Sara Menezes são eleitos os atletas do ano

O ginasta Arthur Zanetti, medalhista de ouro na categoria Argolas nos Jogos Olímpicos de Londres 2012 e primeiro atleta latino-americano a conquistar uma medalha olímpica de ouro no seu esporte, foi eleito o Atleta do Ano do Prêmio Sport Life. O boxeador Esquiva Falcão, primeira medalha de prata na história olímpica brasileira na categoria médios na modalidade, ficou em segundo lugar na disputa, ganhando a medalha de prata. “Não posso parar e tenho que manter o título para todo o Brasil nas próximas competições. Antes dos Jogos do Rio, ainda tenho mais três mundiais para disputar”, disse Arthur Zanetti ao receber seu troféu.

Já a judoca Sarah Menezes, medalha de ouro olímpica na categoria peso ligeiro, primeira brasileira a conquistar o ouro no judô em Jogos Olímpicos e líder no ranking mundial de judô, foi escolhida como A Atleta do Ano. Ela foi finalista com Yane Marques, medalhista de bronze no pentatlo moderno em Londres e única detentora de medalha olímpica nessa modalidade no Hemisfério Sul, mas Yane ficou em segundo lugar, levando a medalha de prata no Prêmio Sport Life. “Ganhar a primeira medalha de ouro do judô brasileiro foi marcante porque tive o comprometimento de estar no tatame representando o meu País”, afirmou Sarah ontem à noite.

Adriana Araújo, primeira mulher a conquistar uma medalha de bronze para o boxe brasileiro (categoria leve) nos Jogos Olímpicos, foi eleita a Atleta Revelação. E Bruno Fratus, finalista dos 50 metros livres que chegou em quarto lugar e fez a melhor marca de sua vida nos Jogos Olímpicos de Londres (a apenas dois centésimos de César Cielo, que recebeu o bronze), foi escolhido o Atleta Revelação.

O Prêmio Sport Life também elegeu, nesta edição, O Para-atleta e A Para-atleta de 2012. Na categoria masculina, o eleito foi Daniel Dias, da natação, que trouxe seis medalhas de ouro dos Jogos Paralímpicos e tornou-se o maior medalhista paralímpico do Brasil. Entre as mulheres, a escolhida foi Terezinha Guilhermina, do atletismo, que conseguiu ganhar duas medalhas de ouro na competição deste ano na Inglaterra.

Os vencedores foram escolhidos por um comitê composto por jornalistas especializados. A premiação aconteceu ontem à noite (terça-feira, dia 2 de outubro), numa cerimônia que reuniu cerca de 200 pessoas no Centro da Cultura Judaica, em São Paulo (SP), e foi promovida pela revista Sport Life, da Motorpress Brasil Editora.

Fonte:g6 Comunicação Corporativa