Notícias

Home/ Notícias Online/ Notícias/ Movimento da Infância

Movimento da Infância

Publicada em : 29/08/2012

Novo conselho tomará posse em agosto para o mandato de 2012 a 2014

Cerca de 7.700 eleitores, oito representantes da Sociedade Civil foram eleitos pela população, para o mandato de 2012 a 2014 do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA) da cidade de São Paulo. A posse dos novos conselheiros acontecerá em agosto.

O CMDCA existe há quase vinte anos e é o principal órgão de controle e Defesa dos Direitos de Crianças e Adolescentes. O Conselho formula, estabelece diretrizes, analisa as violações e ameaças ao descumprimento dos direitos e faz encaminhamentos necessários. É formado por oito representantes do Governo e oito da sociedade civil, eleitos pela população.

Os conselheiros eleitos foram Valdir Gugiel, com 4244 votos, e Maria Iracema de Araújo, com 3269 votos, do segmento Social da Criança e Adolescente; Marina Ribeiro Gomes, com 3413 votos, e Maria Ribeiro Lopes, com 3217 votos, do segmento Defesa no Atendimento da Criança e Adolescente; Olicio Alves da Rocha, com 3226 votos, do segmento de Atendimento da Defesa dos Trabalhadores vinculado à questões da Criança e do Adolescente; Luana Cunha Bhering, com 3236 votos, do segmento de Estudos, Pesquisas, Informações e Intervenções Políticas na área da Criança e Adolescente; e Solange Agda Cruz de Paula Pinto, com 3705 votos, e Rosemeire Santa Modesto, com 3420 votos, do segmento Defesa da Melhoria da Condição de Vida da População.

O Ir. Valdir Gugiel, um dos eleitos no CMDCA, é diretor institucional do Centro Social Marista Ir. Lourenço, da Rede Marista de Solidariedade, parte do Grupo Marista, que atua na promoção e defesa dos direitos das infâncias e juventudes.

“A concretização deste passo importante reflete o profundo reconhecimento da atuação da Rede Marista de Solidariedade que desenvolve junto à Criança e o Adolescente em São Paulo. Por meio de um processo democrático, cidadão, ético e político, que foi construído em contato cotidiano com diversos grupos e frentes de defesa, de solidariedade, educação e comunicação, esse grupo tem grande propriedade e conhecimento no trabalho voltado para criança e adolescente. Contamos com o apoio de todos para realizarmos um trabalho em conjunto em busca de melhorias de nossas infâncias e juventudes”, declara Ir. Valdir.

O conselho é escolhido a cada dois anos. A principal função do conselho é definir diretrizes para a formulação das políticas públicas de atenção à Criança e ao Adolescente, construindo parâmetros que vão orientar a criação de projetos e programas pelo governo municipal e da sociedade civil.
 

Fonte:Lead Comunicação