Notícias

Home/ Notícias Online/ Notícias/ Prevenção do desaparecimento d...

Prevenção do desaparecimento de crianças e adolescentes

Publicada em : 25/05/2012

Programa é lançado em São Paulo

Quem é capaz de imaginar que uma pessoa querida vai “até ali” e nunca mais é vista? Nunca mais se sabe nada dessa pessoa?!! Nenhuma notícia, nada! No ar pairam a dor e a dúvida; a ausência e a lembrança; as últimas palavras, o último momento, o último sorriso, a última roupa, a última foto...

Segundo a Delegacia de Pessoas Desaparecidas do Estado de São Paulo, ligada ao Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), é registrada uma média de 60 casos de desaparecimento de pessoas, diariamente na capital paulista.

No Brasil, anualmente, desaparecem cerca de 40 mil crianças e adolescentes. No estado de São Paulo são registrados, em média, 18 mil desaparecimentos ao ano. Desses, 9 mil são crianças e adolescentes, com faixa etária até 18 anos.

Do total de crianças e adolescentes desaparecidos, 16% apresentam algum tipo de deficiência.

A prevenção ao desaparecimento visa minimizar o número de ocorrências e acabar com a dor da perda, a dor da dúvida, da ausência, da presença silenciosa do desejo da despedida, do abraço, do reencontro...

O Governo do Estado de São Paulo se sensibiliza pela realidade que acomete essas milhares de famílias e que somadas perfazem milhões de pessoas que sofrem a perda e a saudade de quem se foi mas não se despediu. A Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência, em parceria com as Secretarias Estaduais da Educação, Saúde, Justiça, Segurança e Desenvolvimento Social do Governo do Estado de São Paulo uniram forças para implantar um Programa de Prevenção ao Desaparecimento de Crianças e Adolescentes, que visa implementar ações para diminuir o número de pessoas desaparecidas.

O lançamento do Programa acontece na sexta-feira, 25 de maio, Dia Internacional das Crianças Desaparecidas, no Palácio dos Bandeirantes, às 10h, com a presença do Governador Geraldo Alckmin e da Secretária de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência, Dra. Linamara Rizzo Battistella, além dos representantes das Secretarias parceiras.

É muito importante que todos participem do evento e ainda mais, que todos tenham um olhar atento quanto a relevância do tema. Juntos somos mais fortes contra aqueles que contribuem para essa triste estatística.

25 de Maio - Dia Internacional das Crianças Desaparecidas

A data foi escolhida porque em 25 de maio de 1979, Etan Patz, de 6 anos, desapareceu a caminho da escola, nas ruas de Nova York. Lamentavelmente ele nunca foi encontrado, mesmo com a polícia indicando um suspeito.

O desaparecimento de Etan foi o primeiro de numerosos casos de destaque nos Estados Unidos, o que deu origem à colocação de imagens de crianças desaparecidas nas embalagens de leite e, finalmente, ao Dia Internacional de Crianças Desaparecidas, celebrado mundialmente no dia 25 de maio.

Fonte:Governo do Estado de São Paulo