Notícias

Home/ Notícias Online/ Notícias/ Arredacação do ICMS em março t...

Arredacação do ICMS em março teve aumento

Publicada em : 16/05/2012

Valor atingiu R$8.691 milhões. No acumulado do ano, o resultado é 0,7% superior ao mesmo período do ano passado

A arrecadação do ICMS no Estado de São Paulo em março foi de R$8.691,2 milhões. Isso representa um aumento real de 3,9% na comparação com igual período de 2011. No acumulado do ano, o resultado é 0,7% superior ao resultado do ano anterior. Os números são do Sindicato dos Agentes Fiscais de Rendas do Estado de São Paulo – Sinafresp, compilados a partir de dados da Secretaria da Fazenda.

“O resultado positivo da arrecadação está ligado aos recolhimentos provenientes dos setores de preços administrados, que cresceram 15% em relação a março de 2011”, explica Ivan Netto Moreno, presidente do Sinafresp. Já os recolhimentos da indústria apresentaram queda de 5,7% também frente a março de 2011. “Apesar do baixo crescimento detectado pelo Banco Central nos dois primeiros meses do ano, estima-se que o primeiro trimestre fechará com resultado 0,5% superior ao último trimestre do ano passado. Caso se confirme a expectativa de retomada mais forte da economia a partir do segundo semestre, o PIB deve crescer por volta de 3,2% ao ano”, avalia.

A arrecadação do IPVA teve aumento de 10,1% na comparação com março de 2011, já descontada a inflação. Em valores nominais, alcançou R$1.702,4 milhão. “Em 2012, o vencimento do imposto para veículos com final de placa 0 (zero) ocorreu no dia 29 de fevereiro, sendo o valor repassado ao Estado somente em março. Dessa forma, março ‘acumulou’ parte do resultado de fevereiro deste ano”, afirma.

 A Receita Tributária teve aumento de 5,3% também na comparação com março de 2011. No acumulado do ano o resultado é 2% superior, em termos reais, ao mesmo período do ano passado. Em valores nominais, em março o resultado foi de R$10.891,8 milhões. 

No acumulado de janeiro a março deste ano, já foi arrecadado 28,1% de toda a Receita Tributária prevista para o ano inteiro, segundo a Lei Orçamentária Anual, e23,4% do ICMS previsto.
 

Fonte:Secretaria da Fazenda doEstado de São Paulo/ Elaboração: DIEESE / Subseção Sinafresp