Notícias

Home/ Notícias Online/ Notícias/ Projeto Mapas Coletivos

Projeto Mapas Coletivos

Publicada em : 22/02/2012

Premiado pelo Instituto Claro, a iniciativa une jornalismo cidadão e mapeamento colaborativo

O Instituto Claro, a Associação O Eco e a Rede Nossa São Paulo acabam de lançar uma nova ferramenta para medir a qualidade de vida na maior cidade do Brasil.

O projeto Mapas Coletivos – www.mapascoletivos.com.br - vai ser um mutirão para coletar dados, mapear a cidade e gerar novos indicadores. A iniciativa foi idealizada por Gustavo Faleiros e Juliana Mori, em parceria com o site ((o))eco, e conta com o apoio da Rede Nossa São Paulo. O projeto foi um dos quatro ganhadores da segunda edição do Prêmio Instituto Claro, escolhido entre mais de 1380 inscritos por sua proposta de inovação no meio urbano.

O site junta cartografia digital, compartilhamento de dados e jornalismo-cidadão. Qualquer pessoa pode criar seus próprios mapas e convidar o público a colaborar. A plataforma pode ser usada na internet. Em breve, será lançado também o aplicativo para celulares.

O projeto pretende ser um espaço para reportar os temas importantes para a sustentabilidade urbana. Áreas Verdes, Mobilidade, Qualidade do Ar, Água, Acessibilidade, Cultura, Educação, Alimentação, Limpeza e Saúde são os temas dos mapas. A proposta também estimula relatos pessoais. Na seção Minha SP, é possível ler histórias da relação afetiva dos paulistanos com sua cidade.

Mapas Coletivos desenvolveu um novo instrumento de mapeamento em São Paulo, utilizando a plataforma de software aberto Ushahidi. “O principal conceito é promover a geração de indicadores colaborativos como forma de engajamento dos cidadãos na arena pública”, explica o jornalista Gustavo Faleiros. “Queremos proporcionar acesso livre e de qualidade a dados cruciais para os cidadãos”, diz.

Fonte:In Press Porter Novelli Assessoria de Comunicação