Notícias

Home/ Notícias Online/ Notícias/ Kassab dá início aos trabalhos...

Kassab dá início aos trabalhos do novo modelo de limpeza pública da cidade

Publicada em : 16/12/2011

Serviço inclui, além da varrição, limpeza de bueiros, monumentos e substituição de lixeiras

O prefeito Gilberto Kassab deu início, na manhã desta sexta-feira (16), aos serviços que integram o novo modelo de limpeza pública da capital. Na Avenida Paulista, o prefeito vistoriou ações de varrição, higienização, implantação de novas lixeiras e limpeza de monumentos. Além disso, Kassab anunciou que o serviço de moto-link lançado pela Prefeitura há cerca de um mês será um dos responsáveis por fiscalizar os trabalhos das empresas contratadas. As motos-link estiveram hoje em dois locais distintos da cidade, no Largo 13 de Maio, na Zona Sul, e na Praça Silvio Bueno, Zona Leste.

“A Secretaria Municipal de Serviços realizou essa difícil licitação com êxito e rapidez, após muitas discussões com a sociedade, empresários e prestadores de serviços. Estamos muito confiantes na melhora da prestação desses serviços, com qualidade e uma nova logística, potencializando as ações em toda a cidade”, afirmou Kassab.
O novo modelo de limpeza pública marca um conceito inovador na prestação desse serviço na capital com o objetivo de manter a cidade cada vez mais limpa. São Paulo passará a ser dividida em duas áreas, Sudeste (atendida pelo consórcio SOMA – Soluções e Meio Ambiente) e Noroeste (atendida pelo consórcio São Paulo Ambiental).

No total serão 13 mil pessoas envolvidas nos serviços de varrição (que passará a ser feita também aos domingos em locais de grande fluxo), de remoção de entulho ou grandes objetos, de limpeza e desobstrução de bueiros e bocas de lobo, na operação, manutenção e remoção dos resíduos dos 46 Ecopontos em funcionamento da cidade. Os Ecopontos ficarão abertos de segunda a sábado, das 6h às 22h, e aos domingos das 6h às 18h. Já nos primeiros dias serão 10.800 pessoas para a realização dos serviços e em até 90 dias outras 2.200 pessoas se juntarão às equipes.

“A minha expectativa é que em até 15 dias as empresas já estejam adaptadas à rotina da cidade para que possamos mantê-la permanente limpa, com a ajuda dos fiscais e da população, que se não estiver satisfeita, poderá reclamar por telefone ou por um site que será criado, contribuindo com a manutenção da cidade. Lembrando que enquanto isso, a nossa Central 156 está à disposição de todos”, destacou o secretário municipal de Serviços. Dráusio Barreto.

A fiscalização desses serviços ficará por conta dos agentes vistores das 31 Subprefeituras de São Paulo e das novas tecnologias adquiridas pelas secretarias de Serviços e de Coordenação das Subprefeituras para agilizar e melhorar o trabalho de fiscalização em toda cidade. As motos-link, equipadas com câmeras de vídeo, farão a vistoria dos serviços de limpeza e com câmeras que descem dentro de bueiros, conseguirão verificar a qualidade da retirada de resíduos dentro desses locais.

“Estamos agregando novas tecnologias à fiscalização em São Paulo. As motos-link serão de grande utilidade, agindo rapidamente por toda a cidade”, afirmou o secretário de Coordenação das Subprefeituras, Ronaldo Camargo.

As ações de limpeza serão intensificadas nesse momento. Para isso, será realizado um mutirão de limpeza de bueiros e bocas de lobo em 180 pontos das áreas baixas da cidade e outros pontos da bacia hidrográfica da capital com maior incidência de alagamento, visando se antecipar ao período crítico de chuvas. Com todos esses serviços agregados em um contrato, será possível fiscalizar e punir com mais facilidade empresas que não realizem a limpeza com a qualidade necessária. Em casos de maus serviços, o contrato poderá inclusive ser cancelado. A avaliação mensal dos serviços, feita pelas subprefeituras, será disponibilizada no site da Prefeitura para conhecimento de toda população quanto ao desempenho das empresas. 

Fonte:SECOM - Prefeitura de SP