Imóveis

Home/ Notícias Online/ Imóveis/ Preços de locação estabilizado...

Preços de locação estabilizados

Publicada em : 14/10/2013

Valores para locação de imóveis comerciais em SP começam a estabilizar

Divulgação

Os preços para locação de imóveis comerciais apontam queda pelo segundo semestre consecutivo na cidade de São Paulo. Um levantamento realizado pela Herzog Imóveis Industriais e Comerciais - companhia especializada há 30 anos na administração e comercialização desse tipo de empreendimento - revela que o valor médio do aluguel de prédios corporativos de alto padrão passou de R$ 118/m² no segundo semestre de 2012 para R$ 116 m² nos primeiros seis meses deste ano. Esse fato, aliado à previsão de entrega de 466.743 m² de edifícios com perfil AA durante 2013, sinaliza uma estabilidade maior no mercado, que pode beneficiar inquilinos à procura de espaços.

O levantamento também indica que a taxa de vacância no período citado teve alta, saindo de 15,14% e chegando a 16,36%. Além da oferta de mais empreendimentos, a redução da previsão de crescimento do País e a crise pela qual passa a Europa estão entre os principais fatores para esse resultado, segundo a diretora de serviços corporativos da Herzog, Simone Santos. “O ritmo de tomada de decisões das companhias está mais lento, em razão das notícias que cercam o Brasil e o mundo”, explica.    

Atualmente, a capital paulista conta com um estoque total de 11,8 milhões de metros quadrados em imóveis comerciais. Os edifícios de alto padrão representam 30% desse total, com 3.568.018 m², e a maior parte deles está concentrada nas regiões da Faria Lima, Itaim, Vila Olímpia e Berrini. Somente no ano passado, a cidade de São Paulo recebeu ao todo 596.098 m² de prédios corporativos de perfil AA, aproximadamente 50% do total em cada um dos semestres.

Com menos lançamentos previstos para este ano, uma queda de 21,7% em relação a 2012, porém um volume ainda assim considerado significativo, quem está à procura de um espaço para locação pode se beneficiar com esse cenário. “O momento é ideal para quem procura um novo imóvel ou até mesmo, está no período de renovação ou revisional de contrato, que ocorre a cada três anos, já que os locadores estão mais flexíveis para negociação, porém acreditamos que esse é um ciclo de curto prazo, em razão da redução de lançamentos previstos para os próximos anos”, explica Santos.

Na busca por condições melhores, muitas multinacionais que se instalam no País, contratam imobiliárias que representam exclusivamente os ocupantes nesse tipo de negociação, modalidade conhecida como  Tenant Representation. “Esse é um serviço muito comum no exterior, com o objetivo de impedir  conflitos de interesses, que podem acometer negociações com empresas que trabalham tanto para ocupantes quanto proprietários”, comenta Santos.

Fonte:Misasi Comunicação