Educação

Home/ Notícias Online/ Educação/ Alckmin leva mutirão de reform...

Alckmin leva mutirão de reformas para todas as 5 mil escolas estaduais de SP

Publicada em : 17/01/2014

Programa "Trato na Escola" investe R$ 40 milhões para pinturas e pequenos reparos antes da volta às aulas

Sergio Andrade/A2FOTOGRAFIA

A Secretaria da Educação do Estado deu início nesta quinta-feira, dia 16, às atividades do projeto "Trato na Escola". Todas as 5 mil unidades estaduais começarão o ano letivo organizadas, limpas e recuperadas após receberem um mutirão de serviços como pintura, jardinagem, pequenos reparos e higienização. No total, a verba investida é de R$ 40 milhões.

O governador Geraldo Alckmin e o secretário da Educação, professor Herman Voorwald, deram o pontapé inicial ao "Trato" durante visita à escola Alves Cruz, na capital paulista. A iniciativa é organizada pela Fundação para o Desenvolvimento da Educação (FDE), órgão da Secretaria responsável pela realização das obras escolares.

O objetivo é que as escolas fiquem de "cara nova" para a chegada dos mais de 4,3 milhões de estudantes a partir do dia 27 de janeiro, data em que voltam às aulas. Para isso, a Secretaria desde o último dia 10 de janeiro realiza repasses de R$ 7,9 mil para que cada escola fique responsável por contratar os serviços de reforma, adequação, consertos e instalações de equipamentos que compõem o patrimônio escolar. Algumas unidades podem inovar e usar a verba para grafitar muros ou levar outros conceitos artísticos à unidade.

“Este investimento permite preservar as instalações físicas das nossas escolas, com ações imediatas que preparam a unidade escolar para receber os alunos no novo ano letivo. Promover o bom ambiente escolar é um dos compromissos e só no ano passado investimos R$ 688 milhões em melhorias de infraestrutura escolar”, afirma o secretário da Educação, professor Herman Voorwald. Este ano, são 2,1 mil obras em andamento em todo o Estado, em um investimento de aproximadamente R$ 1,3 bilhão.

Além do Trato na Escola, para 2014, a Secretaria elaborou um calendário escolar especial. No ano da Copa do Mundo, o início das aulas foi antecipado para 27 de janeiro, assim como as férias do meio do ano, que acontecem entre 12 de junho e 13 de julho período de realização dos jogos, mantendo os 200 dias letivos. Em outubro, os alunos terão um recesso escolar de uma semana, entre os dias 13 e 19. Já o término das aulas está programado para a segunda quinzena de dezembro, de acordo com o cronograma de cada escola.

Fonte:Secretaria da Educação do Estado de São Paulo