Educação

Home/ Notícias Online/ Educação/ Como votam os jovens?

Como votam os jovens?

Publicada em : 13/11/2012

Números ilustram motivações para a escolha política


Na hora de apertar a tecla “confirma”, como votam os jovens? No Brasil, as eleições acontecem a cada dois anos e muitas são as formas de definir qual a melhor opção para comandar. O Núcleo Brasileiro de Estágios – Nube, ouviu estudantes de todo o país e descobriu a maneira preferencial utilizada para decidir qual político ganhará a sua confiança.

De acordo com a pesquisa, realizada entre os dias 29 de outubro e 9 de novembro, a “propaganda eleitoral” não possui o impacto desejado pelos candidatos. Dos 3.105 votantes, com faixa etária entre 16 e 24 anos, apenas 5,19% votaram nessa opção. Ainda em minoria dentre as alternativas mais indicadas, surgiu “pelo partido”, com 7%. Em terceiro lugar, os jovens responderam “informações colhidas pela imprensa” com 14,94%, enquanto a “reputação” foi considerada por 30,56%.

Na primeira posição apareceu “por meio dos debates”, com 42,25%, evidenciando o apreço dos votantes pelo confronto de ideias entre os seus pretensos representantes e também mostram a força da mídia no poder de decisão. “Nos Estados Unidos, por exemplo, entre 40 e 50 milhões de eleitores acompanharam, religiosamente, os encontros dos presidenciáveis. O Brasil vem aderindo a essa cultura. Os debates são vitrines para o mundo”, analisa Ricardo Ghizi, Doutor em Geografia e Especialista em Comércio Exterior da PUC Minas.

Manter-se por dentro da corrida eleitoral pode, inclusive, romper as fronteiras exclusivamente políticas. Para a analista de treinamento do Nube, Lizandra Bastos, estar antenado com as carências da população brasileira e votar em quem ofereça as propostas mais adequadas à nossa realidade ajuda o estudante até mesmo em processos seletivos e dinâmicas de grupo. “Além de desenvolver posturas politizadas, o jovem precisa entender uma eleição como o tema central dos jornais e das rodas de conversa. Logo, gestores poderão questionar a opinião de candidatos a determinada vaga, com relação ao posicionamento político, ou até mesmo propor exercícios em grupo para identificar como cada um solucionaria determinado problema da sociedade”, avalia Lizandra.

Fonte:Mauro de Oliveira - Gerente de Comunicação