Educação

Home/ Notícias Online/ Educação/ Atividades sensoriais para a B...

Atividades sensoriais para a Bienal do Livro de São Paulo

Publicada em : 14/08/2012

Atividades sensoriais e inclusivas despertam interesse do público na 22ª Bienal do Livro de São Paulo


As crianças estão recebendo atenção especial entre as atividades promovidas pela Fundação Dorina Nowill para Cegos na 22ª Bienal do Livro de São Paulo, que acontece até o dia 19 de agosto, nos Pavilhões do Anhembi.

Há atividade sensorial que estimula a conhecer o sistema de escrita e leitura utilizado pelas pessoas cegas: o Sistema Braille. Com as mãos em uma caixa tátil os participantes tocam peças com relevo e tentam descobrir qual letra corresponde no alfabeto.

Outra atividade é a contação de histórias "A Inclusão com Celelê e Talili" com as quais os pequenos tem a oportunidade de refletir de forma lúdica sobre questões ligadas às deficiências e compreender a conviver com as diferenças.

Já os professores que visitarem o estande da Fundação Dorina com seus alunos ganharão um livro impresso em tinta e em braille com orientações pedagógicas para auxiliar na sala de aula.

Na Bienal do Livro, a Fundação Dorina lança a Coleção Diferenças, com o conceito “Ensinando a respeitar a diversidade”. São 5 livros infantis impressos em fonte ampliada e em braille. O objetivo é facilitar a inclusão abordando cada uma das deficiências: visual, física, auditiva, intelectual e múltipla.

Programação no estande da Fundação Dorina Nowill

TODOS OS DIAS
Atividade sensorial “O que é Braille?” - Com as mãos em uma caixa tátil os participantes tocam peças com relevo e tentam descobrir qual letra corresponde no alfabeto.

DE 13 A 17/08 – às 11h e às 14h
Contação de histórias "A Inclusão com Celelê e Talili" sobre questões ligadas às deficiências

Fonte:Daniela Santos Coutelle