Educação

Home/ Notícias Online/ Educação/ Antropologia criminal com tecn...

Antropologia criminal com tecnologia 3D

Publicada em : 19/01/2012

Especialista em reconstrução humana 3D ministra atividades para educadores e para o público em geral na Estação Ciência – USP

Nos dias 13, 14 e 15 de fevereiro a Estação Ciência, centro interativo de ciências da Universidade de São Paulo, oferece ao público uma série de workshops voltados para a ciência da tecnologia 3D aplicada à reconstrução humana e ao trabalho de perícia criminal.

Nas atividades, os participantes terão contato com técnicas atuais de reconstrução e processamento em 3D para aplicação em investigações forenses.

Os workshops serão ministrados pela Dra. Petra Urbanová, uma das maiores especialistas no tema na Europa. Para participar, é necessário entendimento de nível básico de inglês.

A participação é gratuita e cada atividade tem 10 vagas, a serem preenchidas por ordem de inscrição. Os interessados devem se inscrever pelo site www.eciencia.usp.br/inscricao e aguardar uma confirmação por e-mail.

Mais informações podem ser obtidas pelo e-mail eventos@eciencia.usp.br. As atividades acontecem na Sala Multimídia da Estação Ciência da USP, que fica na rua Guaicurus, 1394, Lapa, São Paulo, ao lado da Estação Lapa da CPTM e do Terminal Lapa da SPTrans.

Confira abaixo a lista de atividades:

A face humana através da tecnologia 3D
13 de fevereiro de 2012 – segunda
Turma 1: 10h às 12h
Turma 2: 14h às 16h
10 vagas
Público-alvo: interessados em geral. Idade mínima recomendada de 12 anos. Necessário entendimento básico de inglês.
O workshop tem como objetivo apresentar a tecnologia 3D de uma forma acessível e agradável. A atividade apresentará aplicações de modelos virtuais em 3D, visando alterar a morfologia facial externa, aparência e expressões utilizando o computador. Os participantes terão a oportunidade de criar um modelo 3D do seu próprio rosto e modificá-lo de acordo com seu desejo (como alterar cor de cabelo, tom de pele, forma de nariz etc).

Modelagem 3D virtual no estudo da biologia humana
14 de fevereiro de 2012 – terça
10h às 12h
10 vagas
Público-alvo: educadores, professores, palestrantes, interessados em geral. Necessário entendimento básico de inglês.
O workshop tem como objetivo apresentar os usos da modelagem virtual em disciplinas biológicas, incluindo uma atividade de digitalização com scanners 3D portáteis a laser em objetos como ossos humanos, dentes, artefatos etc. Será apresentado também o pós-processamento na varredura a laser e a construção de um modelo poligonal. Além disso, os participantes vão aprender a reconhecer partes específicas do corpo humano através do estudo de modelos virtuais 3D do esqueleto, órgãos internos, cérebro e outros.

Modelos 3D e Identificação Humana na Criminalística
15 de fevereiro de 2012 – quarta
14h às 16h
10 vagas
Público-alvo: educadores, professores, palestrantes, interessados em geral. Necessário entendimento básico de inglês.
Estabelecer a identidade de uma pessoa é uma das tarefas mais complexas em criminalística, e os modelos 3D representam uma ferramenta bastante avançada e útil como fonte de informação sobre características pessoais, colaborando ​​no processo de identificação. Este workshop tem como objetivo introduzir tais aplicações em criminalística e ciências forenses. Exemplos de sistemas de segurança biométricos, investigação forense e identificação vala comum também serão apresentados. Os participantes irão trabalhar com restos de esqueletos virtuais e com técnicas de variações biológicas (por exemplo, qual a diferença entre crânios de crianças e adultos, crânio masculino e feminino ou entre o crânio de um descendente de europeus e de africanos), bem como técnicas aplicadas na identificação forense.

Fonte:Estação Ciência