Educação

Home/ Notícias Online/ Educação/ Mestrado no Reino Unido

Mestrado no Reino Unido

Publicada em : 18/11/2011

Despesas serão pagas pelo Ministério das Relações Exteriores Britânico (FCO)

A melhor opção para pós-graduação ou mestrado em uma das mais de 130 universidades do Reino Unido, com despesas pagas pelo Ministério das Relações Exteriores Britânico (FCO), é o programa Chevening, gerenciado pelo British Council, com as inscrições abertas de 1 de Novembro de 2011 a 3 de Fevereiro de 2012.

Brasileiros, residentes no Brasil, com planos de fazer mestrado em tempo integral com duração máxima de 12 meses, no ano letivo 2012/2013, poderão ter seus estudos custeados pelo Programa.

“A anuidade máxima paga pelo curso é de 12 mil libras esterlinas, mas é preciso olhar com atenção as áreas de concessão da bolsa”, informa o coordenadora do programa Chevening no Brasil, Iane Melo, lembrando que, anualmente, são disponibilizadas, em média, em torno de 20 bolsas (apenas no Brasil).

As áreas de prioridade para concessão da bolsa Chevening são:

Mudança Climática, Desenvolvimento Sustentável e Energia;
Resolução de Conflitos e Segurança
Finanças e Economia;
Relações Internacionais, Direitos Humanos e Desenvolvimento
Política e Administração Esportiva;
Áreas do Direito relacionadas aos setores mencionados acima

“Estudar no Reino Unido tem sido uma experiência mais do que gratificante. Além da estrutura da universidade e da qualidade de ensino, estudo com pessoas de várias áreas, de países distintos e com diferentes experiências. A troca de conhecimento é constante e ultrapassa o espaço da sala de aula. Além disso, Londres é uma cidade ímpar, com diversas atividades culturais que exploram não apenas a cultura britânica, mas a cultura de outros povos e países que muitas vezes não temos o contato no Brasil.”, diz Iara Simis, bolsista de 2011/12, que está cursando mestrado em Desenvolvimento e Direitos na Goldsmiths University.



Mais informações sobre o Programa Chevening:
www.chevening.org.br.
chevening@britishcouncil.org.br

Fonte:Ana Signorini