Cultura

Home/ Notícias Online/ Cultura/ Canção dos Direitos da Criança

Canção dos Direitos da Criança

Publicada em : 25/08/2016

Sucesso de público e crítica, importante obra musical de Toquinho

João Caldas
Agora no teatro, o mais importante entre todos os trabalhos musicais do violonista, cantor e compositor Toquinho para o universo infantil, o disco Canção dos Direitos da Criança (interpretado por grandes nomes da Música Popular Brasileira, como Chico Buarque, Elba Ramalho e Leonardo), reestreia no Teatro Frei Caneca dia 3 de setembro, sábado, às 16 horas.

O espetáculo musical foi destaque do Prêmio São Paulo de Incentivo ao Teatro Infantil e Jovem de 2015, vencendo nas categorias Cenografia (Marco Lima), Melhor Atriz (Carol Badra) e Melhor Produção (Script Produções). Carla Candiotto, diretora do espetáculo, teve outra peça consagrada em 2015 pelo APCA, Cinderela Lá Lá Lá.

Com músicas de Toquinho e Elifas Andreato, a peça - realização da Script Produções - tem texto e direção de Carla Candiotto, cenário e figurino de Marco Lima, luz de Wagner Freire e direção musical e arranjos vocais de Daniel Rocha. O elenco reúne Carol Badra (Rainha), Fabiano Medeiros (Menino), André Dias/ Edgar Bustamante (se revezando em dois papeis - Faxineiro e Primeiro Ministro em substituição a Igor Miranda), Roberson Lima (Coisinha, no lugar de Bernardo Berro), Carolina Rocha (Coisinha), Lucas Cândido (Coisinha), Renata Airoldi (Coisinha) e Thiago Ledier (Coisinha).

Inspirado na Declaração Universal dos Direitos da Criança, Toquinho e Elifas compuseram 10 músicas, cada uma para um dos 10 princípios aprovados pela Assembleia Geral das Nações Unidas, em novembro de 1959. Para dar vida às canções e encenar o espetáculo, a diretora Carla Candiotto (prêmios APCA e Coca-Cola Femsa) foi buscar na história a origem dos direitos da criança. Encontrou conteúdo na figura de uma intelectual, escritora e humanista inglesa, pioneira do movimento em defesa dos direitos da criança, Eglantyne Jebb (1876-1928).

Divertido e atual, o texto do espetáculo foi criado pela diretora durante os ensaios. A montagem tem o estilo característico de Carla Candiotto (criadora da premiada Cia Le Plat du Jour, ao lado de Alexandra Golik) – rápidas movimentações em cena, corre-corre, luta e bordões que marcam cada personagem. No reino da Rainha Má, as crianças são chamadas de “Coisinha” e estão às voltas com planos mirabolantes para convencer a todos de que precisam de mais comida. Nessa aventura, precisam vencer o fiel escudeiro da Rainha, o Primeiro Ministro, que quer dominar o mundo e ser o mais lindão do Reino.

Com 60 minutos de duração, a peça dosa na mesma medida texto e música (foram selecionadas 7 das 11 canções do disco para integrar o musical), entre elas Gente tem sobrenome, É bom ser criança, Imaginem, Natureza distraída, Herdeiros do Futuro e Aquarela, a única que não faz parte do disco A Canção dos Direitos da Criança. A paixão pela turma, a linguagem do rap e brincadeiras de quente e frio ajudam a deixar o espetáculo identificado com o universo da garotada.

A proposta do musical é estimular a criatividade, passando a importância e o significado dos direitos da criança de forma irreverente e divertida.

Toquinho para crianças
É vasta e importante a obra de Toquinho dedicada às crianças. Os trabalhos do violonista, cantor e compositor voltados ao público infantil foram criados a partir da década de 80, quando Vinicius de Moraes pediu ao parceiro que musicasse seus poemas do livro Arca de Noé.  Resultaram desse trabalho os discos Arca de Noé 1 e Arca de Noé 2, lançados pela gravadora Ariola, em 1980 e 1981, respectivamente. Em 1983, veio Casa de Brinquedos, onde os brinquedos ganham vida, e viram personagens que falam por meio de seus intérpretes. A Bicicleta é Simone, O Robô é o Tom Zé, O Aviãozinho é o próprio Toquinho. Chico Buarque, Paulinho Boca de Cantor, Carlinhos Vergueiro, Baby Consuelo, Cláudio Nucci  e Roupa Nova também participam.


Serviço
Canção dos Direitos da Criança.

Reestreia 3 de setembro, sábado, às 16h. Temporada: Até 30 de outubro. Sábados, às 16h, e domingos, às 15h. Local: Teatro Shopping Frei Caneca - Rua Frei Caneca, 596 – 7° andar – Consolação. Capacidade: 600 lugares. Duração: 60 minutos. Classificação Indicativa: Livre. Ingressos: R$60 (inteira) e R$ 30 (meia).

Fonte:Arteplural Comunicação