Cultura

Home/ Notícias Online/ Cultura/ O Último Lutador

O Último Lutador

Publicada em : 14/06/2016

Espetáculo que discute as divergências das relações familiares em um clã de lutadores

Divulgação
Com autoria de Marcos Nauer, que também atua no espetáculo, e Teresa Frota, e direção de Sérgio Módena a peça conta a história de Caleb (Stênio), patriarca de um clã desgarrado de lutadores, que, diagnosticado com câncer, sonha em reunir novamente a família. Decide então realizar uma luta usando como pretexto um campeonato que vale um milhão em dinheiro. Para tal, precisa trazer de volta o neto perdido (Nauer) e o reaproximar do pai ex-alcoólatra (Antonio Gonzalez), que por sua vez é brigado com seu outro filho (Daniel Villas) e com seu próprio irmão (Gláucio Gomes). Caleb é passional e visionário, o homem que “faz tudo errado, mas dá tudo certo”, como diz sua companheira Diná (Stella Freitas). Também integram o elenco as atrizes Mari Saade e Carol Loback.

Encontros, desencontros e os conflitos que estes implicam regem a história que mostra que por trás desses guerreiros, gladiadores modernos, existe um lado humano e familiar. Uma metáfora às lutas enfrentadas no dia-a-dia.

“A luta diária pela aceitação, pelo perdão, pela superação dos limites e pelo amor pode ser facilmente identificada pelo espectador. A família, com todas suas contradições, é a grande protagonista nesse ringue que chamamos vida", afirma o diretor Sérgio Módena. "A proposta da encenação é fazer com que o espaço cênico nos remeta a um grande galinheiro (cenário das cruéis rinhas de galo), onde os inúmeros embates familiares acontecem continuamente, evidenciando assim a violência e aridez que muitas vezes regem as relações humanas", completa Módena.

O ator Marcos Nauer, que afirma ter tido a ideia de escrever O Último Lutador ao ouvir a música Um Homem também Chora (Gonzaguinha), declara que “desde a primeira frase escrita ainda na tela em branco do computador foram a voz, as entonações e energia de Stênio Garcia que guiaram a escrita”.

Aos 84 anos, Stênio Garcia encara o desafio de mostrar uma atuação bastante física. “Há cenas de luta e também de dança. Elas se misturam. É bonito”, conta o veterano, que volta aos palcos após 18 anos. Dois profissionais da luta fizeram parte da construção da encenação. Milton Vieira, instrutor de jiu jitsu e boxe, foi responsável pela preparação do elenco e dirigiu as cenas de luta. Já Paulo Pereira, único representante no Brasil do método de jeet kune do (de Bruce Lee), desenvolveu um trabalho mais específico com Nauer. E completando o trabalho corporal, Edio Nunes coreografou a cena do tango.

Serviço:
O ÚLTIMO LUTADOR  - RINGUE DA VIDA – Estreia dia 17 de junho no Teatro Porto Seguro.
Ingressos: R$ 80,00 plateia / R$60,00 balcão e frisas.
Temporada: De 17 de junho a 31 de julho - Sextas e sábado, às 21h e domingos, às 19h.
Classificação: 14 anos.
Duração: 80 minutos.

TEATRO PORTO SEGURO
Al. Barão de Piracicaba, 740 – Campos Elíseos – São Paulo.
Telefone (11) 3226.7300.
Bilheteria: Terça a sábado, das 13h às 21h e domingos, das 12h às 19h.
Capacidade: 508 lugares.
Clientes Porto Seguro têm 50% de desconto na compra de 1 ingresso + acompanhante.
Formas de pagamento: Todos os cartões de crédito e débito.
Acessibilidade: 10 lugares para cadeirantes e 5 cadeiras para obesos.
Estacionamento no local: Estapar R$ 20,00 (self parking) - Clientes Porto Seguro têm 50% de desconto.
Serviço de Vans: TRANSPORTE GRATUITO ESTAÇÃO LUZ – TEATRO PORTO SEGURO – ESTAÇÃO LUZ. O Teatro Porto Seguro oferece vans gratuitas da Estação Luz até as dependências do Teatro. COMO PEGAR: Na Estação Luz, na saída Rua José Paulino/Praça da Luz/Pinacoteca, vans personalizadas passam em frente ao local indicado para pegar os espectadores. Para mais informações, contate a equipe do Teatro Porto Seguro.
Happy Hour Restaurante Gemma – quartas, quintas e sextas das 17h às 21h.

Vendas: www.ingressorapido.com.br
Site: http://www.teatroportoseguro.com.br
Facebook: facebook.com/teatroporto
Instagram: @teatroporto

Fonte:Assessoria de imprensa teatro porto seguro