Cultura

Home/ Notícias Online/ Cultura/ Indie Festival 2016

Indie Festival 2016

Publicada em : 28/03/2016

Circuito acontece no SESC Santana

Divulgação
O Sesc Santana apresentará, gratuitamente, de 05 a 27 de abril, terças e quartas, às 20h, o Circuito Indie Festival 2016, a proposta é promover um espaço de repercussão do cinema independente contemporâneo, do intercâmbio de ideias, estilos e modos diversos do fazer cinematográfico. Confira a programação completa das exibições:

Jornada ao Oeste | 05/04, terça, às 20h | Livre
Dir. Tsai Ming Liang | França, Taiwan | 56 min. | 2014
Enquanto um homem exausto respira agitado à beira-mar, um monge budista, trajando vestes vermelhas, caminha a um ritmo imperceptível pelas ruas de Marseille, na França. O caminhar lento do monge chama a atenção dos pedestres das ruas movimentadas. A câmera revela pequenos e belos fragmentos da influência que esse caminhante incomum provoca nos habitantes da cidade, até o momento em que o monge ganha, enfim, um discípulo. Tsai Ming Liang é considerado um dos diretores mais importantes em atividade no cinema mundial.

Cala a Boca, Philip | 06/04, quarta, às 20h | +12 anos
Dir. Alex Ross Perry | EUA | 109 min. | 2014 
Philip (Jason Schwartzman) é um pródigo literário pairando por Nova York, prestes a lançar o seu segundo livro após o sucesso de seu romance de estreia. Ele está tenso, entediado e desesperado para sair de sua cidade e da rotina que tomou conta de seu relacionamento amoroso com a fotógrafa Ashley (Elisabeth Moss). Ike Zimmerman (Jonathan Pryce), um célebre escritor mais velho e ídolo pessoal de Philip, empresta sua casa de verão para o jovem. O filme então acompanha Philip, orbitando entre Ashley, Ike e suas outras relações afetivas, com seus questionamentos existenciais e criativos. Alex Ross Perry ganhou destaque crítico na cena de produção independente dos EUA com os filmes "The Color Wheel" e "Listen Up Philip".

O Cheiro da Gente | 12/04, terça, às 20h | +18 anos
Dir. Larry Clark | França | 88 min. | 2014 
O fotógrafo e artista Larry Clark acompanha momentos da vida de um grupo de seis jovens parisienses, seus encontros entre o Museu de Arte Moderna e o Palais de Tokyo, suas festas repletas de sexo, drogas e rock'n'roll, as relações desses jovens com suas famílias, os relacionamentos, a internet e a prostituição. Clark atraiu a atenção do mundo da arte contemporânea ao expor em suas fotografias o universo que conheceu como adolescente, os subúrbios movidos por anfetaminas e sexo. O mesmo universo jovem e contracultural que Clark viveu e fotografou se transformou na matéria-prima de seu cinema polêmico e explicito, em filmes como "Kids", indicado a Palma de Ouro no Festival de Cannes de 1995. 
A Ilha do Milharal | 13/04, quarta, às 20h | +12 anos
Dir. George Ovashvili | Geórgia, Alemanha, França, República Tcheca, Cazaquistão, Hugria | 100 min.| 2014 
Um camponês e sua neta cuidam de uma plantação de milho em uma ilha no curso do rio Inguri, divisa entre os países em conflito Geórgia e Abkhazia. As ilhas da região surgem e desaparecem com a força da água e do vento. A passagem do tempo, que desgasta e constrói as ilhas, marca o amadurecimento da jovem e a obstinação do velho camponês. Duas vidas submetidas as forças da natureza e da guerra civil. George Ovashvili realizou seu longa de estreia "The Other Bank", em 2009.

Tangerine | 19/04, terça, às 20h | +18 anos
Dir. Sean Baker | EUA | 88 min. | 2015 
Sin-Dee Rella, transsexual e prostituta retorna da prisão e descobre, através de sua melhor amiga, também trans, Alexandra, que está sendo traída pelo namorado e agenciador Chester. Sin-Dee parte então em busca de Chester e sua amante, a cisgênero Dinah. Sean Baker filma, munido apenas de um iPhone 5s, uma comédia-dramática natalina e revela uma Los Angeles diversa e melancólica. Sean Baker venceu o prêmio Robert Altman do Independent Spirit Awards com seu filme "Uma Estranha Amizade", de 2012, e recebeu o prêmio especial do Júri no Festival de Locarno, em 2008, pelo filme "Prince of Broadway".

Eu Sou Ingrid Bergman | 20/04, quarta, às 20h | +10 anos
Dir. Stig Bjorkman | EUA | 109 min. | 2014
Um documentário intimista sobre a vida de uma das mais premiadas atrizes da história do cinema, três vezes vencedora e oito vezes indicada ao Oscar, Ingrid Bergman. O filme apresenta um material inédito como entrevistas, cartas, diários e muitas imagens realizadas por Ingrid durante toda a sua vida, revelando aspectos de sua vida familiar e amorosa e suas relações com os filhos e companheiros. Uma homenagem a atriz, lançada no ano do centenário de seu nascimento. Bjorkman é o autor publicado de livros sobre Woody Allen, Ingmar Bergman e Lars Von Trier, e dirigiu diversos documentários sobre cinema.

Shirley - Visões da Realidade | 26/04, terça, às 20h | +12 anos
Dir. Gustav Deutsch | Aústria | 92 min. | 2013
As clássicas pinturas de Edward Hopper ganham vida através do trabalho do cineasta Gustav Deutsch e do diretor de fotografia Jerzy Palacz. Uma jornada pelos Estados Unidos do século 20, visto através dos olhos de uma mulher que deseja fazer a diferença e das cores de um pintor icônico. O diretor Gustav Deutsch é reconhecido por seus trabalhos audiovisuais com found footage (filmes feitos a partir de fragmentos de diferentes filmes de arquivo antigos, ou filmes caseiros e home video), mas deixa essa fórmula de lado em "Shirley - Visions of Reality", uma reinvenção, dessa vez, de imagens tiradas de um meio não-fílmico. 

Cemitério do Esplendor | 27/04, quarta, às 20h | +12 anos
Dir. Apichatpong Weerasethakul | Tailândia, Reino Unido, Alemanha, França, Malásia | 122 min. | 2015 
Soldados com uma misteriosa doença do sono são transferidos para um hospital provisório instalado em uma antiga escola abandonada. Jenjira torna-se voluntária para tratar de Itt, um soldado que ninguém vem visitar. No hospital, ela faz amizade com a jovem médium Keng que utiliza os seus poderes para ajudar as parentes a se comunicarem com os homens adormecidos. Em uma ocasião, Jenjira encontra o diário de Itt preenchido com palavras e desenhos estranhos. Talvez haja uma conexão entre a síndrome enigmática dos soldados e o mítico local em que o hospital se encontra. A magia, a cura, o romance e os sonhos misturam-se no frágil caminho de Jenjira em direção ao conhecimento profundo de si própria e do mundo a sua volta. Apichatpong Weerasethakul venceu a Palma de Ouro no Festival de Cannes de 2010 pelo filme "Tio Boonmee que pode recordar suas vidas passadas".

Serviço: Circuito Indie Festival 2016
05 a 27/04, terças e quartas-feiras, às 20h
Av. Luiz Dumont Villares, 579 - Jd. São Paulo.
Grátis. Teatro. Capacidade: 330 lugares.
Acesso para deficientes - estacionamento - ar condicionado
Estacionamento - R$5,50 a R$11 período do espetáculo.
Para informações sobre outras programações ligue 0800-118220 ou acesse o portal www.sescsp.org.br

Fonte:SESC Santana