Cultura

Home/ Notícias Online/ Cultura/ “Splash”

“Splash”

Publicada em : 19/01/2016

De maneira lúdica e divertida, a peça questiona a busca da felicidade

Rodrigo Palmieri
Dia 30 de janeiro, sábado, às 16h, inicia a temporada do espetáculo infantil Splash ou A História da Gota que Sonhava ser Rio da República Ativa de Teatro no Centro Cultural São Paulo, com Direção de Rodrigo Palmieri e Dramaturgia de Vivi Gonçalves. Temporada de 30 de janeiro à 28 de fevereiro, sábados e domingos, às 16h. Ingressos: R$ 10,00 e meia-entrada. Ingressos promocionais somente no dia 7 de fevereiro a R$ 3,00.

Em uma máquina de videogame tudo funcionava como programado, até que uma pane e curtos elétricos aconteceram. Inexplicavelmente, os componentes desse jogo despertam, mas sem a menor ideia de quem são e onde estão. Tudo o que sabem é que precisam fazer o jogo voltar a funcionar, para que tudo volte a ser como antes. A chave para o mistério é vencer a primeira fase do jogo. Mas como? O que fazer? O que falta? Falta? Nessa história lúdica e bem-humorada, crianças e adultos conhecerão uma gota que foi em busca de sua felicidade.

Um aparelho de videogame está em pane e, por algum motivo desconhecido, não funciona mais como programado. Isso nunca havia acontecido! A pane foi tão grande que seus componentes ganham vida e precisam descobrir o que aconteceu. Nessa busca, eles percebem que estão em uma crise existencial causada pelo automatismo de suas funções e repetições de ações sem ao menos saberem porquê fazem isso. E o mais importante: para quê? Em meio a tantos questionamentos em torno de si mesmos, eles ainda precisam lidar com o outro, e por consequência, com os anseios do outro. Envoltos em muitos conflitos, é preciso saber lidar com as diferenças e aproveitar o melhor de cada um ali, o que não é uma tarefa muito fácil para eles.

O personagem central dessa fábula é um ser virtual, uma Gota que precisa encontrar outras iguais a ela para se tornar um rio. A metáfora proposta no espetáculo coloca em questionamento a necessidade humana de se aliar a outros seres para enfim encontrar a felicidade e o prazer de se sentir completo. É somente na forma de somatória e dependência que podemos ser felizes, ou é assim que nos colocamos no mundo? A felicidade depende, necessariamente, do outro? Ou está em mim?

A encenação apresenta esses temas de uma maneira lúdica e divertida. De forma análoga, essas situações e sensações são experimentadas também por crianças, principalmente quando começam a se perceber como indivíduos no mundo.  Para esses dilemas, não existe uma solução ou fórmula: cada indivíduo precisa mergulhar dentro de si para encontrar as possíveis respostas. No espetáculo as questões são levantadas e não se resolvem. Na narrativa dos componentes e no percurso da gota eles se transformam, experimentam e voltam ao ponto de partida. Mas depois de vivenciar diferentes sentimentos e descobrir tanto sobre o mundo que o cerca e sobre si mesmos, seria possível voltar a ser como antes? Pela reflexão que toda aquela situação gerou. Mais que respostas, são as perguntas que os moveram, a reflexão sobre toda a situação gerada no percurso que os transformaram, mesmo que o ambiente em que estão, ainda seja o mesmo.

O espetáculo “Splash ou A História da Gota que Sonhava ser Rio” é resultado do projeto A Parte Que Falta, contemplado pelo 1º Prêmio Zé Renato de apoio a produção e desenvolvimento da atividade teatral para a cidade de São Paulo, e traz à cena uma divertida história com reflexão saudável e pertinente para todas as idades. É o quinto espetáculo de repertório da República Ativa de Teatro que comemora seus 10 anos de existência trazendo à cena uma reflexão saudável e pertinente para todas as idades: a busca da satisfação, da felicidade e a incompletude do ser.

Dentro do projeto, e em comemoração aos 10 anos da República Ativa de Teatro, haverá a realização de um Ciclo de Debates – três encontros entre artistas, psicólogos, pensadores e interessados nos temas pertinentes ao universo infantil. Os encontros serão aos sábados de fevereiro, a partir do dia 13, sempre às 10h30, no Centro Cultural São Paulo.


Espetáculo Infantil “Splash ou A História da Gota que Sonhava ser Rio”
Temporada de 30 de janeiro à 28 de fevereiro
Sábados e Domingos às 16h
Classificação indicativa: livre
Duração: 55 minutos

Local: Centro Cultural São Paulo (Sala Jardel Filho)
Rua Vergueiro, 1000 - Paraíso - São Paulo/SP
Ingressos: R$ 10,00 (inteira), R$ 5,00 (meia-entrada)
Ingressos promocionais: R$ 3,00 (Somente no dia 07/02)

Fonte:Miriam Bemelmans