Cultura

Home/ Notícias Online/ Cultura/ Teatro de Narradores

Teatro de Narradores

Publicada em : 10/04/2014

Nos cinquenta anos do golpe Militar de 1964, peça reflete consequências

Divulgação
O grupo estreia dois espetáculos sobre o tema: ENSAIO SOBRE O SIM E O NÃO e RETRATO CALADO PRIMEIRA PARTE CENA PRIMITIVA.

A iniciativa é uma ação integrada ao projeto “Corifeus” realizado com aporte do Programa Municipal de Fomento ao Teatro para Cidade de São Paulo.

A concepção, espaço cênico, dramaturgia e direção geral é de José Fernando de Azevedo. Em Junho de 2013, o grupo abriu o processo de elaboração desses materiais ao público durante sua residência no SESC Belenzinho, por ocasião dos quinze anos do grupo.

ENSAIO SOBRE O SIM E O NÃO

Foi criado a partir das peças didáticas de Brecht, “Aquele que diz Sim” e “Aquele que diz não”, uma reflexão sobre o sentido do sacrifício na ação militante e suas consequências históricas. A trama traz um professor e um grupo de alunos que saem em busca de remédios – na primeira versão, para salvar uma cidade atingida por uma epidemia, na segunda como uma expedição de pesquisa.  Um garoto decide tomar parte na expedição, tomando a meio caminho e colocando em risco a missão. O costume diz que aquele que coloca em risco o coletivo deve ser sacrificado

RETRATO CALADO PRIMEIRA PARTE CENA PRIMITIVA

O tema discutido é a tortura, a partir do livro de Luiz Roberto Salinas Fortes, militante político que descreve duas prisões sofridas em 1970, na OBAN (foi um centro de informações e investigações montado pelo Exército do Brasil em 1969) e, depois, no DOPS (Departamento de Ordem Política e Social), onde foi torturado. A encenação busca a compreensão das forças em jogo e do quanto, de maneira desproporcional, a luta política no Brasil durante a ditadura ganhou seus contornos trágicos, apesar do esquecimento institucional que define a fisionomia atual deste país. Os atores em cena assumem perspectivas distintas sobre o material, produzindo novos depoimentos: suas vozes dando corpo a uma fala.

“Trata-se, para nós, de um novo estágio do trabalho de pesquisa, em que intervenção, narrativa, pesquisa sonora e apropriação do cinema se imbricam na cena, no jogo dos atores. Por um lado, em cena, uma interrogação sobre a tortura: a violência a suprimir o humano precisamente ali onde ele se revelaria mais plenamente – na linguagem; o torturador à caça da palavra, reduzindo o corpo a uma coisa em sua busca pela verdade”, explica o diretor e dramaturgo José Fernando de Azevedo.


ENSAIO SOBRE O SIM E O NÃO
Sextas, 21h – Até 25 de Abril

RETRATO CALADO PRIMEIRA PARTE CENA PRIMITIVA
Sábados, 21h; Domingos, 19h – Até 27 de Abril

ENTRADA FRANCA
Classificação Etária: 14 anos

As temporadas terminam respectivamente dias 25 e 27 de abril de 2014.

Teatro João Caetano
Rua Borges Lago, 650 – Vila Clementino
Tel.: 5549 1744 (436 lugares)
www.teatrodenarradores.com.br


Fonte:7 Fronteiras Comunicação