Cultura

Home/ Notícias Online/ Cultura/ DNA Tour - Wanessa Camargo

DNA Tour - Wanessa Camargo

Publicada em : 07/02/2014

Cantora se apresenta na Blue Space, no dia 14

Divulgação
Totalmente envolvida no cenário mainstream do pop-eletrônico, com elogios na imprensa internacional e músicas executadas nos Estados Unidos e Europa, a cantora Wanessa, no dia 14 de fevereiro, leva "DNA TOUR" para a casa de shows Blue Space, em São Paulo.  A "DNA TOUR", lançada em maio de 2013, apresenta um show com o que há de melhor em infra estrutura no Brasil, digno de produção internacional, com painel de LEDs; cenário de última geração; DJ e banda ao vivo; bailarinos; trocas de roupas; coreografias de Bryan Tanaka - coreógrafo das maiores estrelas Pops do mundo, como Rihanna e Beyoncé; produção e direção musical de Mister Jam - um dos maiores produtores de house music do País e a direção artística de Joana Mazzucheli, que já produziu Ivete Sangalo, Roupa Nova, Alexandre Pires, entre outros.

A turnê traz clássicos da carreira de Wanessa, como "Falling For You", "Amor Amor", "Fly", "DNA", "Worth It", "Stick Dough", "Stuck On Repeat", e as novas canções da cantora que já são sucesso em todo o Brasil, como "Hair & Soul", "Messiah", "Atmosphere", "You Can't Break a Broken Hearth", "Deixa Rolar" - gravada com o cantor Naldo, especialmente para o DVD "DNA Tour", além do mais novo single de Wanessa, "Shine It On", uma das músicas mais vendidas do País, pelo iTunes.

Treze anos de carreira, oito álbuns e mais de 2,5 milhões de CDS e DVDs vendidos. Estes são alguns números da trajetória de sucesso da cantora Wanessa, considerada um dos principais nomes da música pop no Brasil.

Admirada por ser uma artista completa – que canta, atua, compõe e dança -, Wanessa começou cedo a mostrar seu talento. Aos oito anos já era vocalista de uma banda com os amigos, aos 12 se formou em teatro e aos 14 já dançava profissionalmente. Quando fez 16 anos, se mudou para os EUA onde integrou o Coral Jovem da Flórida, com o qual se apresentou em palcos célebres, como na Disney e no Carnegie Hall, em Nova York. Foi neste momento que teve plena certeza que queria cantar pelo resto de sua vida.

Assinou contrato com a gravadora BMG, voltou ao Brasil e lançou seu primeiro CD em 2000, o homônimo Wanessa Camargo, que trazia os seus primeiros hits – como “O Amor Não Deixa e Apaixonada Por Você”, que alçaram os topos das paradas -, e fez a cantora ganhar o Prêmio Multishow de Melhor Artista Revelação Solo.

A partir daí, Wanessa caiu nas graças do público. Vieram mais cinco álbuns – Wanessa Camargo (2001), Wanessa Camargo (2002), CD e DVD Transparente Ao Vivo (2004), W (2005), Total (2007) –, todos com músicas que viraram grandes sucessos, como “Eu Quero ser o Seu Amor”, “Sem Querer”, “Tanta Saudade”, “Não Resisto a Nós Dois” (que fez parte da trilha sonora da novela Bang Bang), “Não To Pronta Para Perdoar”, “Me Abrace (Abrázame)” (outra música trilha de novela, em A Favorita), entre outros.

Neste meio tempo, Wanessa intercalou trabalhos na televisão e cinema. Ela chegou a apresentar o programa Jovens Tardes na Globo, de 2002 a 2004, sucesso de audiência, e fez participações em programas da emissora, como no Sítio do Pica-Pau Amarelo. Na telona, a cantora e atriz participou de filmes como Xuxa e os Duendes (2002) e Turma da Mônica em Cine Gibi – O Filme (2004).

Enquanto isso, Wanessa continuava ganhando prêmios por seu trabalho. Em 2007, conquistou o título de Personalidade do Ano, pelo Cisesp (Centro de Integração Cultural e Empresarial de São Paulo), e o Prêmio Pró-Social, em Meus Prêmios Nick, por seu trabalho como embaixadora da Fundação SOS Mata Atlântica, onde atua até hoje. No ano seguinte foi eleita a Melhor Cantora Jovem, pelo Prêmio Jovem Brasileiro.

Em 2009 começa uma nova fase na carreira de Wanessa. Mais madura, ela aposta em uma pegada mais moderna e dançante, com algumas canções em inglês, em seu novo CD Meu Momento, produzido pelo DJ Deeplick. A ousadia refletida nesse trabalho também incluiu o nome profissional – do qual retirou o sobrenome Camargo, para marcar sua independência musical -, e também na transformação radical de seu visual, com os cabelos loiros, curtos e ondulados. Neste álbum, dois grande hits foram lançados, “Fly” – com a participação do rapper norte-americano Ja Rule, um dos grandes nomes da black-music mundial – e “Não Me Leve a Mal”, ambos com presença constante nas principais paradas de música e videoclipes.

O trabalho ainda rendeu mais prêmios para a cantora, pelo Prêmio Jovem Brasileiro, ganhou como Melhor Cantora Jovem (em 2009 e 2010) e Melhor Clipe Jovem (por “Não Me Leve a Mal”, em 2010), conquistou o Troféu Imprensa de Melhor Cantora de 2009 e pelo Prêmio Mzotv TV foi homenageada com o Prêmio Especial 10 anos de carreira (em 2010).

O ano de 2010 continuou de mudanças e de muito sucesso para Wanessa. Além da turnê Balada e da participação em mais um longa, High School Musical: O Desafio (estreado em janeiro), no segundo semestre a cantora lançou quatro músicas em formato music-ticket, que surpreenderam positivamente o público e arrancou elogios da crítica.

São elas “Falling For U”, produzido por Mister Jam e que alcançou o primeiro lugar nas paradas LGBT, “Worth It”, que já virou clipe, “Stuck On Repeat” e “Party Line”. Todas em inglês e em estilo totalmente pop e dance, no qual a cantora pretende firmar sua carreira agora.Em 2011 a cantora lançou o CD DNA (Sony Music) totalmente em inglês, a música “Stuck on Repeat” recebeu elogios do New York Post que considerou com a mais dançante das últimas décadas.

Em 2012 Wanessa se consagrou no mainstream do Pop nacional e gravou o segundo DVD de sua carreira.  "DNA TOUR" vai rodar o Brasil em 2013 com a maior infra estrutura de shows do país, incluindo Painel de LED, bailarinos, trocas de roupas e cenário de última geração. No DVD, a cantora contou com a participação de Bryan Tanaka, coreógrafo de Beyoncé e Rihanna. "DNA TOUR" e o DVD "DNA TOUR" tiveram  a direção musical de Mister Jam e a direção geral de Joana Mazzucheli, que já trabalhou com Ivete Sangalo, Roupa Nova, Alexandre Pires, entre outros.

Fonte:Caldi Comunicação