Cultura

Home/ Notícias Online/ Cultura/ As Desgraçadas, da Cia Auroras...

As Desgraçadas, da Cia Auroras reestreia no Teatro Cacilda Becker

Publicada em : 19/07/2013

Peça une diferentes linguagens artísticas com o universo das telenovelas brasileiras


Unindo diferentes linguagens artísticas, como as artes cênicas e as artes plásticas, além de flertar com o universo das telenovelas brasileiras de forma bem humorada e áspera, a peça As Desgraçadas, da Cia Auroras faz  temporada reestreia dia 19 de julho, sexta-feira, às 21 horas, no Teatro Cacilda Becker. A dramaturgia é de Felipe Sant`Angelo, livremente inspirada no texto As Criadas, do dramaturgo francês Jean Genet (1910-1986) com direção de Beatriz Morelli. No elenco, Giu Rocha, Mariana Leme e Rita Batata. Uma instalação formada por 380 lâmpadas incandescentes delimitam o espaço cênico. A trilha sonora é disparada ao vivo de acordo com a pulsação da cena.

Em cena, uma babá devota, uma doméstica insatisfeita com o serviço e uma patroa que trata suas funcionárias como seres invisíveis. A cenografia suspensa, formada por 380 lâmpadas incandescentes enfileiradas, delimita o palco onde acontecem os embates sentimentais, ideológicos e morais entre as personagens. As atrizes tem autonomia para manipular a luz de dentro do espaço cênico, direcionando o olhar do público. A peça foi Indicada ao Prêmio CPT na categoria Projeto Visual em 2012.

Graça (Rita Batata) é uma babá tão devota ao trabalho que chega ao extremo de confundir-se com sua patroa. Dona Carmen (Mariana Leme) é uma mãe de família que acaba de ser abandonada pelo marido depois de descobrir, por meio de uma carta anônima, que ele tinha um caso com uma mulher mais jovem. Lurdes (Giu Rocha) é uma doméstica insatisfeita com seu trabalho, mas que assume com prazer o papel da opressora quando descobre que Graça é a autora da carta anônima, e ameaça denunciá‐la caso a babá não faça todo o serviço da casa por ela. Enquanto D. Carmen trata suas empregadas como seres invisíveis, Lurdes e Graça travam uma batalha que fatalmente chamará a atenção da patroa e levará seu lar à derradeira ruína.

Fonte:Divulgação