Cultura

Home/ Notícias Online/ Cultura/ Comédia Homens no Divã estreia...

Comédia Homens no Divã estreia em julho

Publicada em : 26/06/2013

Texto de Miriam Palma ganhou adaptação e direção Darson Ribeiro. A estreia em São Paulo acontece dia 11 de julho, no Teatro Brigadeiro, com sessão para convidados


Imagine a antessala de um consultório de psicanálise frequentada por três homens desesperados por suas respectivas mulheres!

É isto que o que o público verá em Homens no Divã, testemunhando o encontro inesperado das personagens Renato Paes de Barros Seabra (Rafael Calomeni), Carlos Eduardo Carrara-Travertino (Olivetti Herrera) e Frederico Freitas Fernandes (Darson Ribeiro). Se é que Freud realmente explica...

A comédia estreia para convidados no dia 11 de julho, quinta-feira, no Teatro Brigadeiro, às 21 horas. A temporada aberta ao público acontece a partir do dia 12, com sessões de sexta a domingo.

Foi com o objetivo de entreter as mulheres e, por tabela, elucidar os machões de plantão, que Darson Ribeiro decidiu adaptar o original - Desesperados - de Miriam Palma e dar mão à palmatória expondo as mais diversas fraquezas masculinas. E, ainda por cima, num divã freudiano.

O texto explicita, sem ser moralista, e traz à tona facetas das relações amorosas ao discutir traição e sexo, assim como o verdadeiro amor entre um homem e uma mulher, levando inclusive à possibilidade do perdão. Deles, dos homens, é claro!

Os três machões, de personalidades bem distintas, vão mesclando suas idiossincrasias e, tornam-se amigos. A terapia ao invés de reduzida entre as quatro paredes da Dra. Maczka, acaba acontecendo espontaneamente nos ambientes frequentados por eles, como academia, balada, e até uma palestra onde realmente o turning-point acontece. Tudo isso numa linguagem altamente digerível - gostosa de ouvir e pra lá de engraçada.

Brincando com o fetiche feminino, os tipos são ainda sublinhados por profissões bem reconhecidas, como o Oficial do Corpo de Bombeiros vivido por Calomeni, juntamente com um Executivo da Eletropaulo (Darson), e um Obstetra (Herrera). E, de quebra Marília Gabriela participa vocalmente, interpretando a disputada Dra. Maczka.

Cenário e figurinos, assinados pelo próprio diretor, fazem um contraponto com o classicismo freudiano e o órgão genital feminino – isso em cores e formas. A Luz - com supervisão de Guilherme Bonfanti - foi criada e executada por Leandra Demarchi.

Serviço:
Estreia p/ convidados: 11 de julho – quinta-feira – às 21 horas
Estreia p/ público: 12 de julho – sexta-feira – às 21 horas
Teatro Brigadeiro – www.teatrobrigadeiro.com.br
Av. Brigadeiro Luiz Antonio, 884 - Bela Vista/SP – Tel: (11) 3115-2637
Temporada: sexta e sábado (às 21 horas) e domingo (às 19h30) – Até 29/09
Ingressos: 40,00 (sexta), R$ 60,00 (sábado) e R$ 50,00 (domingo).
Bilheteria: terça à quinta (10h-18h), sexta, sábado e domingo (a partir de 14h).
Aceita dinheiro e cartão/débito. Duração: 1h40. Indicação etária: 16 anos.
Capacidade: 700 lugares. Ar condicionado. Acesso universal.
Ingressos antecipados: www.ingresso.com ou tel 4003 23 30
Estacionamento conveniado (Gigante) - Av Brigadeiro Luiz Antonio, 759: R$ 15,00

Fonte:VERBENA COMUNICAÇÃO