Cultura

Home/ Notícias Online/ Cultura/ Exposição “Evita: Paixão e Açã...

Exposição “Evita: Paixão e Ação”

Publicada em : 14/05/2013

Evento reúne fotos, trajes, objetos de uso pessoal e arte digital em alusão aos 60 anos de sua morte


Ao todo 6 vestidos usados por Eva Perón – a inesquecível dama que marcou o contexto político e social da Argentina – além de fotografias, em situações diversas que expressam o carisma de Evita e acessórios. Também integram o acervo, brinquedos utilizados pelas crianças da fundação de ajuda social que leva seu nome e mais arte digital, do artista plástico Juan Maresca. Tudo poderá ser visto pelo público de 24 de maio a 7 de junho, na capital paulista, para marcar a homenagem do 60º aniversário da morte de Evita. O evento faz parte, ainda, da comemoração da Revolução de 25 de Maio de 1810, data cívica máxima para os argentinos e dos 10 anos de inauguração do Museu Evita, de Buenos Aires.

Segundo o Ministro do Turismo da Argentina, Enrique Meyer, a exposição “representa o testamento vivo de uma das personalidades de maior destaque da história argentina, uma grande embaixadora de nosso país no mundo”, destaca. Meyer complementa que iniciativas do gênero vêm sendo tomadas pelo governo da presidente Cristina Kirchner para “um maior reconhecimento no âmbito internacional e que atraia a atenção de outras nações para a Argentina”.

Viva na memória

María Eva Duarte de Perón, nome completo de Evita Perón, propagava a máxima: “onde há uma necessidade nasce um direito”,  por conta disso, sua imagem está muito viva como figura carismática que ainda é. A opinião é de Cristina Álvarez Rodríguez, que preside o Instituto Nacional de Investigações Históricas, do Museu Evita Perón. A exposição que chega ao Brasil tem, frisa ela, “o objetivo de mostrar a saga de uma mulher que durante sete anos realizou intenso trabalho político e, em apenas 33 anos de vida, transformou para sempre a realidade da Argentina”.

O lado mais humano de Evita é destacado na exposição, considera Gabriel Miremont, curador da mostra. A vida privada e os objetos revelam, segundo ele, que a homenageada se mostrou “uma mulher forte, com muito a dizer, propor e fazer”. O conjunto de: fotografias, vídeos, acessórios, publicações, brinquedos de época e outras peças, contam um pouco da rica trajetória de Evita.

À inauguração da mostra “Evita: Paixão e Ação”, em São Paulo, estarão presentes as seguintes autoridades da Argentina: o ministro do Turismo, Enrique Meyer; o secretário da Cultura, Jorge Coscia; o embaixador da República Argentina no Brasil, Luis María Kreckler e o cônsul geral em São Paulo, Augustín Molina Arambarri. E o presidente da Fiesp, Paulo Skaf.

Serviço:
Exposição: “Evita: Paixão e Ação

Inauguração: 24 de maio, 12 horas (para convidados)
Para público: de 24 de maio a 7 de junho de 2013
Horário: segunda-feira, das 11 às 20 horas; terça a sábado, das 10 às 20 horas e, domingo, das 10 às 19 horas (no dia 24, das 14 às 20 horas)
Local: Fiesp – Federação das Indústrias no Estado de São Paulo
Endereço: Avenida Paulista, 1313 – térreo
Promoção: Ministério de Turismo da Argentina, Instituto de Promoção Turística – Inprotur e Museu Evita, de Buenos Aires
Entrada: livre e gratuita

Fonte:Nina Marciano Comunicações