Cultura

Home/ Notícias Online/ Cultura/ Malas, palhaços e cambalachos

Malas, palhaços e cambalachos

Publicada em : 07/05/2013

Espetáculo estreia no Teatro Fernando Torres, no Tatuapé



O espetáculo infantil “Malas, palhaços e cambalachos”, da Cia Espontânea de Teatro, escrito por Camilo Brunelli e dirigido por Wagner de Miranda, estreia temporada no Teatro Fernando Torres, no Tatuapé, no dia 11 de maio.

O espetáculo reúne teatro, vídeo e música para contar a história de dois palhaços: Godofredo, um palhaço cujo circo sumiu, e Peripaque, um palhaço que resolveu fugir do seu circo. Eles se encontram em um lugar onde não existe coisa alguma, cada um com sua mala, e nasce uma animada e inusitada amizade. Com muita comicidade e utilizando-se de brincadeiras circenses, eles questionam um ao outro sobre suas condições no momento em que se encontram e sobre a condição de serem palhaços.

Godofredo é um clown “Cara Branca Engomado”, elegante, artístico, inteligente e alegre, Ele é o chefe quando atua com outros palhaços. Peripaque é um “Augusto” ingênuo, travesso, sociável e generoso. Suas ações são importantes, desajeitadas, deselegantes e inoportunas. O encontro deles forma a dupla cômica que é a alma do circo.

As seis músicas escritas por Brunelli para o espetáculo levaram o diretor a incluir um coro e uma banda de palhaços para executar as músicas ao vivo, criar os arranjos vocais e a fazer a preparação vocal de todo o elenco. Aliado a isso, os belos figurinos ajudam a revelar a personalidade de cada personagem e a criar um clima de encantamento.

Assim, Godofredo e Peripaque cantam, dançam e fazem suas palhaçadas apoiados pelo coro e pela banda que reúnem sete outros palhaços, interagindo o tempo todo com o público. Eles ajudam um ao outro a descobrir que quando tudo parece ser difícil e chato, o riso pode ser algo precioso e poderoso, pois mostra que a beleza da vida está justamente na alegria.

O espetáculo foi premiado no “Festival de Teatro da Cidade de São Paulo” em 2011 como melhor cenário, melhor figurino, melhor atriz coadjuvante e melhor ator. Em 2012, ficou em cartaz no Teatro Augusta por três meses e meio e, depois, foi apresentado nos SESCs de São José dos Campos e de Birigui.

Ficha técnica 
Dramaturgia e letras das músicas - Camilo Brunelli
Direção e cenário - Wagner de Miranda
Assistente de direção - Camilo Brunelli
Músicas - Camilo Brunelli. Juscelino Filho e Wagner de Miranda
Direção musical - Wagner de Miranda
Figurinos - Wagner de Miranda e Creso Pessurno
Criação de vídeos e fotografia - Ricardo Escudero
Iluminação - Camilo Brunelli
Atores - Clayton Heringer, Helio Paulo, Álvaro Sabra, Fabricio de Almeida, Marta Guerreiro, Juscelino Filho e Murilo Chevalier
Músicos -  Saulo Caetano e Wesley Gordoo
Coordenação de Produção: Gil Ferreira
Administração: Claudia Gianini

Serviço
Malas, palhaços e cambalachos (duração de 60m, livre)
Estreia: 11 de maio.
Período: até 30 de junho.
Horário: sábados e domingos, às 16h.
Local: Teatro Fernando Torres.
Rua Padre Estevão Pernet, 588 – Tatuapé - São Paulo / SP.
687 lugares, ar-condicionado, acesso para portadores de necessidades especiais.
Ingressos: R$40,00 inteira.
R$20,00 meia (estudantes, professores da rede estadual e municipal de São Paulo, aposentados e idosos acima de 60 anos. Indispensável apresentação de documento comprobatório no ato da compra do ingresso e da entrada ao espetáculo).
Estacionamento: anexo ao Teatro, Rede Estapar.
Bilheteria – 3a a 5a feira, das 14h às 20h. Sexta-feira a domingo, das 14h até início do espetáculo.
Telefone: (11) 2227-1025.

Fonte:Léguas Produções