Cultura

Home/ Notícias Online/ Cultura/ Espetáculo \"Uma Alice Imaginá...

Espetáculo "Uma Alice Imaginária"

Publicada em : 29/04/2013

Com texto do diretor René Piazentin, a peça coloca personagens de Alice no Pais das Maravilhas e Alice Através do Espelho em situações diferentes das originais e conta a trajetória de uma outra Alice com os tipos de Carroll


A Alice de Uma Alice Imaginária é também uma menina que despenca em um lugar completamente desconhecido e se depara com as incríveis criaturas Dodô, Chapeleiro Maluco, Lebre de Março, Gato, Coelho, Lagarta e Rainha. Mas a Alice desta história perdeu algo muito importante e passa a peça tentando entender o que lhe falta de tão precioso. A menina não toma um chá, mas abre caixas que guardam coisas antigas, brinquedos velhos, louças, objetos que já tiveram sua importância dentro daquela casa, e este desvendar de coisas leva a pequena ao mundo imaginário de Carroll.

O cenário, a trilha, a iluminação e o figurino também levam a assinatura de René Piazentin. O cenário basicamente é composto de caixas - que pretendem dar a ideia de uma casa em mudança, ou mesmo do retorno a um lugar que ficou fechado por muito tempo. A luz busca recortar a presença dos atores quase que de maneira a neutralizar o espaço, “como se a ação flutuasse dentro da cabeça de Alice”, explica o diretor.

A trilha sonora traz canções de bandas Islandesas como, Sígur Rós, Amiina, Múm e Sóley. “Na verdade começamos a utilizar músicas do Múm, que possui uma sonoridade que remete à infância, com toques de tensão e melancolia em muitos álbuns, e a pesquisa nos levou a outros artistas, coincidentemente de mesma nacionalidade”, conta o diretor.

Serviço:
Uma Alice Imaginária 
Estreia dia 11 de maio às 21h.
Teatro Commune: Rua da Consolação, 1.218, ao entre o Mackenzie e o Tribunal do Trabalho (sentido Centro-Paulista).
Ingressos: R$ 20,00 e R$ 10,00 (estudantes, classe teatral, terceira idade).
Não aceita cartão.
Duração: 70 minutos.
Capacidade: 84 lugares.
Temporada: sábados às 21h e domingos às 20h, até 16 de junho.
Classificação: Livre.

Fonte:ARTEPLURAL