Cultura

Home/ Notícias Online/ Cultura/ 2ª edição do festival “Istambu...

2ª edição do festival “Istambul Agora”

Publicada em : 19/04/2013

Evento reúne shows musicais, teatro de sombras, mostra cinematográfica e workshops, no SESC Pompeia


O SESC-SP apresenta entre os dias 26 de abril e 09 de junho de 2013 a 2ª edição do festival “Istambul Agora”. O projeto abre com a exposição de Hüseyin Bahri Alptekin (1957 – 2007), um dos grandes expoentes da arte contemporânea da Turquia, no galpão do SESC Pompeia. Camila Rocha (artista brasileira que foi casada com Alptekin) e Kiki Mazzucchelli assinam a curadoria da primeira individual do artista no Brasil, que traz doze obras expressivas de sua carreira – entre fotografias, vídeos, colagens, instalações e objetos –, produzidas do início dos anos 1990 até 2007.

A primeira parte da mostra é composta por uma seleção de trabalhos “de parede”, incluindo duas obras das séries iniciais do artista, intituladas Heterotopias (1991-1992). São colagens ortogonais que combinam imagens e textos e foram criadas em colaboração com o artista americano Michael Morris. Outras peças deste segmento apresentam temas e imagens recorrentes que são recuperados e reconfigurados em outros trabalhos. É o caso de Incident-s (Incident-s, Facts, Circumstance-s, Accident-s, Situation-s), 2007, um conjunto de cinco lençóis emoldurados e bordados com as palavras do título. Incident-s é também o nome de uma série de vídeos gravados em diferentes cidades do mundo, como Incident-s Ipanema e Incident-s Bombay, que serão exibidos em “Istambul Agora”.

Nas fotografias Dreams e Elit (1999), as sacolas plásticas que são carregadas pelos personagens têm impressas as palavras de seus respectivos títulos, que remetem a desejos ou aspirações, e são transformadas em uma espécie de objeto “pop”. As imagens dialogam com Kara-Kum (1995), também realizado em colaboração com Michael Morris. Uma enorme sacola plástica faz referência ao deserto do Turcomenistão e é ilustrada com a famosa imagem dos cigarros Camel. A palavra Elite emerge mais uma vez, agora como um néon colocado sobre uma fotografia em branco e preto do ator finlandês Matti Pellonpää, conhecido por seus papeis nos filmes dos irmãos Kaurismäki.

A segunda metade da exposição é organizada em torno H-Fact: Hospitality/Hostility (2003-2007), uma instalação formada por uma coleção de dez luminosos de hotéis que emprestam seu nome a diferentes cidades, como Bagdá, Beirute e Rio de Janeiro. A obsessão de Alptekin por luminosos de hotéis já era evidente na obra Capacity (1998) – que foi apresentada na 24ª Bienal de São Paulo e integra a mostra do SESC Pompeia –, na qual a palavra do título surge em LED sobre fotografias de luminosos de hotéis de vários países. A expressão “H-Fact” (“Fato-H”) aparece também no nome de três vídeos que serão exibidos, H-Fact: Horses & Heroes (2005). Esses vídeos se relacionam à celebre obra de Alptekin exposta na 9ª Bienal de Istambul (2005), quando mostrou réplicas da Quadriga, os quatro cavalos em bronze roubados em 1204 de Istambul, chamada Constantinopla na época, pela Quarta Cruzada e levados para a Praça San Marco, em Veneza.

A mostra inclui ainda uma “mesa de estudos”, que possibilitará ao público assistir a entrevistas com o artista e um vídeo sobre a coleção de fotografias produzidas quando Alptekin trabalhava para a Sipa Press, nos anos 1980, que antecipam muitos dos temas e imagens que ele desenvolveria mais tarde em sua carreira artística. Um catálogo com textos de Kiki Mazzucchelli e da curadora Pelin Uran, de Istambul, será publicado para acompanhar a exposição.

A programação do Istambul Agora 2013 poderá ser conferida no site www.sescsp.org.br

Fonte:Sofia Carvalhosa